30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

COFRE CHEIO - 11/03/2024, 17:18 - Da Redação

Emissora paga R$ 50 mil a bêbado após humilhação por pegadinha erótica

Indenização compensará o homem após exibição em 2016

Indenização compensará o homem bêbado após exibição no ano de 2016
Indenização compensará o homem bêbado após exibição no ano de 2016 |  Foto: Reprodução

O programa Pânico e a Rede Bandeirantes foram condenados pela Justiça de São Paulo. Atualmente fora do ar, a atração da emissora exibiu, em setembro de 2016, um homem, de 32 anos de idade, em uma pegadinha de conteúdo erótico.

Dentro do quadro “Quarto do Pânico”, o rapaz foi exposto a “situações vexatórias e humilhantes”, conforme detalhado pelo tribunal paulista. A decisão partiu dos magistrados da 5ª Câmara de Direito Privado.

O valor da indenização é de R$ 50 mil. Na ação gravada, a vítima foi seduzida por uma atriz em um bar e convidado para o apartamento dela, com o apoio de um amigo. Já bêbado, ele fez pole dance de cueca, flexões e imitou um cachorro.

Leia mais

Joga pra lua! Anitta mostra tudo em after do Oscar com vestido ousado

Sexo anal: conheça famosas que curtem botar o bumbum pra jogo

Viciada em sexo anal, Marina Sena revela: “Gosto que me comam"

Ao mesmo tempo do ocorrido, o humorista Márvio Lúcio assistia às cenas e fazia piadas. Por causa da junção dos fatos, os desembargadores negaram um recurso apresentado pela emissora e pela PNC, produtora responsável pelo Pânico, diante da condenação imposta pela 42ª Vara Cível de São Paulo.

Mesmo após os questionamentos sobre a assinatura de um termo em que o homem teria consentido com a exibição das cenas, bem como o fato da demora de três anos para abrir o processo judicial, os desembargadores entenderam que ele estava embriagado quando assinou o documento. Após anos publicado no YouTube, o vídeo foi retirado do ar durante o processo.

exclamção leia também