25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Criatividade além da conta! - 18/07/2023, 19:19 - Larissa Falcão- Atualizado em 18/07/2023, 20:27

Após a polêmica do acarajé rosa, baiana faz bolinho de estudante rosa

A baiana de acarajé Drica foi duramente criticada por internautas e pela Associação Nacional das Baianas de Acarajé após criação do acarajé rosa

Após críticas pelo 'acarajé da Barbie', baiana cria bolinho de estudante rosa
Após críticas pelo 'acarajé da Barbie', baiana cria bolinho de estudante rosa |  Foto: Reprodução/Instagram

Entrando na tendência 'Barbiecore', a baiana de acarajé Drica Cerqueira, dona do 'Acarajé da Drica', mostrou que não ligou para as críticas que vem recebendo após criar o polêmico 'acarajé da Barbie'. Desta vez, Drica inovou com seus quitutes típicos, e quem se rendeu a tendência do momento foi o famoso bolinho de estudante, servido por ela também na cor rosa.

A nova criação de Drica gerou bons comentários na publicação em suas redes sociais, internautas aproveitaram para apoiar a baiana após as críticas que ela vem recebendo. "Simplesmente arrasou, criatividade e talento vem de berço", comentou uma internauta

Alguns internautas também pediram para que a baiana aplicasse a tendência também ao abará, quitute típico baiano. "Eita, quero ver o abará rosa agora", disparou uma internauta. A baiana então respondeu "Você quer me ver debaixo da terra kkk", brincou Drica

Leia também:

Associação de Baianas critica 'acarajé rosa' e vendedora se defende

A criação do acarajé rosa repercutiu nas redes e alguns internautas não gostaram muito da ideia da baiana. A Associação Nacional das Baianas de Acarajé (ABAM) se pronunciou, repudiando a criação da baiana.

“Baiana de acarajé, de fato e de direito, é aquela que preserva a nossa cultura, valoriza os nossos antepassados, e aquela meramente vendedora, que vai vender pelo dinheiro. Essa é uma baiana que está vendendo pelo dinheiro”., disse a coordenadora da ABAM, Rita Santos, ao Portal Massa!

As críticas não afetaram Drica, que rebateu negando estar desrespeitando a tradição. “Eu respeito, jamais vou desrespeitar, mas elas têm entender que precisam evoluir a mente”, contou ao Portal Massa!

exclamção leia também