28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Viver Bem

Que situação - 21/10/2022, 17:09 - Pedro Moraes

Pacientes bradam devido a limitação da canabidiol

Os pacientes deram um manifesto com artigos e análises sobre o uso do medicamento

Canabidiol só pode ser usado em três casos
Canabidiol só pode ser usado em três casos |  Foto: Foto: Divulgação/Anvisa

Tanto representantes de entidades quanto pacientes que utilizam o uso medicinal de produtos oriundos da Cannabis fizeram manifestação, na manhã desta sexta-feira, 21, em frente ao Conselho Federal de Medicina (CFM). Eles pedem uma reavaliação da resolução da entidade que restringe a prescrição do canabidiol (CBF) a apenas dois tipos de epilepsia e esclerose tuberosa.

No decorrer do ato, eles entregaram um manifesto onde consta artigos e estudos já publicados em revistas científicas acerca do uso da Cannabis medicinal.

Os manifestantes alegam que o CFM, além de tentar reter a autonomia médica, está especificamente em estudos arcaicos para a edição da nova norma.

Desse modo, o órgão estaria descartando mais de 10 mil pesquisas científicas produzidas acerca do medicamento para utilidades médicas de 2018 a 2022.

Na última sexta-feira, 14, o CFM publicou uma norma atual com regras referentes à prescrição de medicamentos à base do canabidiol.

Mediante a Resolução CFM 2.324/2022, o medicamento pode ser sugerido apenas para o tratamento de epilepsia refratária em crianças e adolescentes com síndrome de Dravet e Lennox-Gastaut ou complexo de esclerose tuberosa.

exclamção leia também