29º Salvador, Bahia
previsao diaria
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Viver Bem

Se Toque! - 19/10/2022, 06:00 - Louise Batista

Mais de 66 mil novos casos de câncer de mama serão diagnosticados

Dados mostram que 95% dos casos da doença tem chances de cura quando diagnosticados e tratados na fase inicial.

Imagem ilustrativa da imagem

Por Maria Laura S. de Souza*

O mês de outubro é marcado pela Outubro Rosa, campanha de combate ao câncer de mama. Dados mostram que 95% dos casos da doença tem chances de cura quando diagnosticados e tratados na fase inicial. Com o objetivo de encorajar o diagnóstico precoce, a Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA) propõe reflexões que informam os tratamentos e estimulam o conhecimento sobre a doença.

Segundo a assessoria da FEMAMA, uma a cada 12 mulheres serão diagnosticadas com câncer de mama no Brasil. A campanha da instituição reforça a importância do diagnóstico precoce e estimula a busca por informações sobre os avanços tecnológicos dos tratamentos. A Dra. Maira Caleffi, mastologista, reforça: “A campanha desse ano expressa as nossas dificuldades, como brasileiros e brasileiras, e direcionam as atenções para reduzir os índices de mortalidade relacionados ao câncer de mama”, acrescenta.

O avanço da tecnologia trouxe novas perspectivas no combate ao câncer. Dentre as mudanças estão exames que permitem a identificação precoce de tumores, novos medicamentos, imunoterapia, marcadores moleculares e técnicas de cirurgia minimamente invasivas fortaleceram de forma expressiva o arsenal terapêutico contra a doença. “O acesso a essas novidades permite que o paciente com câncer viva mais e melhor”, cita a assessoria da Famama.

Ainda de acordo com a assessoria da Femama, até 66.280 novos casos de câncer de mama devem ser diagnosticados no Brasil até o final de 2022. Além disso, 40% dos novos casos da doença acontecem em mulheres com menos de 50.

O cenário do câncer de mama no Brasil exige atenção. Após a pandemia do COVID-19, o aumento de casos se agravou. 50% dos casos no pós-pandemia tiveram diagnóstico tardio, aumentando os índices de mortalidade. “Observe o seu corpo, interprete os sinais, procure atendimento e mantenha-se informada para priorizar sempre a sua saúde!”, recomenda a Dra Maira.

Em muitos casos, o câncer de mama não apresenta sintomas. O mais comum é o surgimento de um nódulo. Contudo, existem outros sinais que merecem atenção. Dentre eles estão: secreção pelo mamilo, rugosidade e irregularidades nas mamas, irritação ou retração na pele dos seios, nódulo ou dores no mamilo ou nas axilas, inchaço irregular, feridas, vermelhidão ou escamação na região das mamas e mudança na textura ou irritação na pele.

O direito à realização do exame gratuito para mulheres acima de 40 anos, via SUS, é garantido pela Lei nº 11.664. O exame deve ser realizado anualmente por mulheres dessa faixa etária. Maira afirma que que é necessário cobrar mais investimentos nos exames primários. “Nos postos de saúde, que são as portas de entrada no SUS, solicitar exames de mama e realizar biópsias em até 30 dias e iniciar o primeiro tratamento via SUS 60 dias após o diagnóstico. As leis precisam ser cumpridas”, diz.

Ana Carla Robatto teve câncer de mama e está há 6 anos em remissão. Ela conta que seu diagnóstico foi tardio. “O tumor estava grande, mas não tinha comprometido o sistema linfático. Provavelmente se tivesse descoberto mais cedo, não iria fazer a cirurgia, seria menos invasivo, menos radical”, relata.

Ana conta ainda que os procedimentos que usou em seu tratamento já tinham inovações tecnológicas, mas muita coisa mudou desde então. “O que eu posso dizer é que o tratamento do câncer está andando muito rápido e muitas possibilidades estão sendo aplicadas. Meu oncologista me disse que hoje eu faria a medicação prévia e depois operaria, não o contrário”, destaca.

Box:

Confira alguns locais que estão realizando mamografias gratuitas em Salvador:

· UNEB

· CENTRO ESPÍRITA MANSÃO DO CAMINHO

· DEPARTAMENTO DE SAÚDE DA POLÍCIA MILITAR DA BAHIA

· ESPAÇO NEOJIBÁ

· SALVADOR NORTE SHOPPING

· SESAB

· LAR HARMONIA

*Sob supervisão da editora Louise Batista

exclamção leia também