24º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Viver Bem

Sozinha nunca! - 31/07/2023, 15:00 - Vinicius Viana - Atualizado em 31/07/2023, 15:12

Dia do Orgasmo: Brinquedinhos podem ‘salvar’ e divertir a mulherada

Sexóloga explica como a mulher pode conhecer melhor o próprio corpo para chegar no ápice do prazer

31 de julho é considerado como o Dia do Orgasmo
31 de julho é considerado como o Dia do Orgasmo |  Foto: Reprodução/Pinterest

O Dia Mundial do Orgasmo é celebrado nesta segunda-feira, 31 de julho. A data foi criada em 1999, na Inglaterra, por uma rede de sex shops como estratégia para tentar aumentar as vendas de produtos eróticos. Na época, uma pesquisa apontava insatisfação das mulheres com sua vida sexual e, por causa disso, foi criado um dia para ressaltar o ápice do prazer.

Diante do tema, o Portal MASSA! conversou com a sexóloga e médica ginecologista, Lorena Magalhães, para desmistificar os mitos sobre o orgasmo. Durante a entrevista, ela explicou como a mulher pode conhecer melhor o seu corpo, compreender suas necessidades e como os brinquedos sexuais podem auxiliar no aumento do prazer.

Para início de conversa, a Dra. Lorena Magalhães destacou sobre o impacto emocional e mental que o orgasmo causa no corpo. "Dá uma sensação de relaxamento, de bem-estar, ajuda a nossa autoestima, melhora nosso autoconhecimento. Quando a gente consegue sozinho, ele dá um poder enorme de autoestima, de bem-estar emocional. Quando a gente compartilha com outra pessoa, além de todas essas características, nos dá uma sensação de intimidade, de acolhimento com a parceria, e isso é muito importante para o ser humano", explicou.

Mitos e verdades sobre o orgasmo

Em seguida, Lorena desmitificou os mitos mais comuns associados ao prazer feminino e afirmou que a mulher é a responsável pelo seu orgasmos e não o (a) parceiro (a). "Há muitos mitos, principalmente quando falamos da penetração vaginal. A maioria das mulheres chegam ao orgasmo com a manipulação do clitóris, e mesmo quem tem orgasmo com a penetração vaginal, o clitóris está envolvido, então é sempre o clitóris. Acho que vem da questão fálica mesmo, de um poder patriarcal, nessa coisa do domínio masculino, de achar que a penetração vai ser extremamente importante", declarou.

"Uma das coisas que eu mais falo e tento desconstruir é que vem muito da manipulação do clitóris. Elas são as protagonistas deste orgasmo, mesmo na relação sexual com a parceria. Elas devem se manipular, ver a posição que fique mais adequada para que tenham manipulação adequada do clitóris, então devem se conhecer. Elas são responsáveis pelo seu orgasmo e não o outro", continuou.

Bora investir em brinquedinhos sexuais

A Dra. Lorena Magalhães lembrou que as solteiras podem chegar no orgasmo com brinquedinhos sexuais. "As mulheres solteiras devem usar e abusar, pois é muito fácil para você utilizar sozinha. Usar, se divertir, usar a fantasia. Vale lembrar que o orgasmo tem duas molas, que são a fantasia e a fricção. Então, a fantasia a gente desenvolve com recursos, como a literatura, filmes e por meio da nossa própria imaginação. E a fricção, que os brinquedos estão aí para ajudar, pois o clitóris é o único órgão feito exclusivamente para nos dar prazer, então ele deve ser extremamente valorizado", indicou.

Por fim, a sexóloga pontuou que os brinquedos sexuais vieram para somar à busca pelo prazer sexual. "Os brinquedos sexuais evoluíram, mas a gente sempre teve mão. Costumo dizer isso às minhas pacientes: mão, mudança de opinião, roçar no corpo da parceria, tudo isso ajudou, a gente abriu a mente para entender o nosso protagonismo. [Temos que] lembrar que o brinquedo não vem para competir com a presença da parceria, ele vem para somar, facilitar, diversificar e otimizar esse prazer", finalizou.

exclamção leia também