31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Viver Bem

Novembro Azul - 08/11/2022, 16:43 - Tabitha Gomes

Ação amplia o acesso da população masculina aos serviços de saúde

Os exames e consultas especializados como urologia, cardiologia ou vasectomia e ultrassonografias diversas teve uma adesão de mais de 1,2 mil homens

Ação Amplia  o acesso da população masculina aos serviços de saúde
Ação Amplia o acesso da população masculina aos serviços de saúde |  Foto: Foto divulgação

A diversidade de serviços oferecidos marcaram o dia D do Novembro Azul da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), em Salvador, no último sábado (5). Com mais de 70 unidades abertas para a mobilização, 3,2 mil homens foram comtemplados por diversos tipos de serviço para cuidar da saúde prevenindo doenças.

A faixa etária com maior aderência a estratégia na capital baiana foi a de 50 a 59 anos (28%), na sequência por 40 a 49 anos (20%) e 60 a 69 anos (19,2%). O público masculino da raça parda (46%) foi majoritário durante o Dia D.

A ação garantiu ao todo, 3,1 mil consultas médicas e de enfermagem e 2,8 mil consultas e procedimentos odontológicos. O pré-natal do homem e a consulta de planejamento reprodutivo foi buscado por mais de 260 homens. Os exames básicos para garantir um bom funcionamento do corpo como cálculo IMC, pé diabéticos, aferição de pressão e glicemia somou quase 6 mil atendimentos realizados.

Os homens que passaram nos postos fizeram ainda testes rápidos contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) como HIV, Sífilis e Hepatites, pelo menos, 159 homens tiveram alguma alteração no resultado e foram encaminhados para tratamento. Também durante a estratégia, mais de 20 mil preservativos e medicamentos foram dispensados. Os exames e consultas especializados como urologia, cardiologia ou vasectomia e ultrassonografias diversas teve uma adesão de mais de 1,2 mil homens.

O titular da pasta, Decio Martins encherga a adesão expressiva e que é mais uma oportunidade proporcionada aos homens de intensificar os cuidados com a saúde. “Geralmente, o homem apresenta uma procura menor aos serviços de saúde por compreender o autocuidado como um comportamento secundário. Tal fato tem relação com questões históricas, como o machismo, o que dificulta a detecção precoce de algumas enfermidades, corroborando para o aumento das doenças crônicas e maior risco de infecções sexualmente transmissíveis. Desse modo, ações diversas voltadas ao público masculino são estratégias de sensibilização e estímulo ao cuidado”.

O coordenador da Atenção Primária, Abdon Brito lembra que outras ações do Novembro Azul estão em curso com apoio da SMS. “O Hospital Municipal ampliou as vagas de ultrassonografias voltadas para a saúde do homem. Há também o suporte do Multicentro de Saúde com um acréscimo de 300 vagas para atrair o público masculino, bem como nos postos de saúde, diariamente cada um unidade cria uma dinâmica voltada a prevenção da saúde desse público”.

exclamção leia também