32º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Serviços

Vai dar bom! - 21/08/2023, 10:26 - Da Redação

XIX Enecult debate perspectivas e políticas para a Cultura no Brasil

Maior encontro de estudos em cultura do país será realizado entre os dias 23 e 25 de agosto, em Salvador

Vereadora Maria Marighella (PT) é presidente da Funarte
Vereadora Maria Marighella (PT) é presidente da Funarte |  Foto: Felipe Araújo/MinC

Com o tema Culturas para o novo Brasil, o XIX Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult) será realizado entre os dias 23 e 25 de agosto, na Reitoria da UFBA e no Goethe-Institut Salvador-Bahia. O evento é o maior multidisciplinar de estudos em cultura do país e nesta 19ª edição promove debates entre o Estado e a sociedade, com foco na cultura e políticas públicas de cultura necessárias para a construção de um novo Brasil.

Aberta ao público, a programação também contará com o lançamento de 11 livros de autores brasileiros e homenagens a Guido Araújo, Roland Schaffner e Orlando Senna. Entre as presenças confirmadas para esta edição estão a vereadora Maria Marighella (presidente da Funarte), Paulo Alcoforado (especialista em audiovisual), Symmy Larrat (secretária Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+), Juca Ferreira (BNDES/economia criativa), Márcio Tavares (secretário executivo do MinC), Carmen Luz (Multiartista, curadora e pesquisadora em dança), Matias Santiago (diretor artístico do Balé Jovem de Salvador), o artista Georgenes Isaac (Coletivo das Liliths), Paula Gomes (Coletivo Plano 3 Filmes), José Eduardo Ferreira (Acervo da Laje), Mirela Araújo (IBRAM) e a pesquisadora Isaura Botelho.

Márcio Tavares, secretário executivo do MinC
Márcio Tavares, secretário executivo do MinC | Foto: Felipe Araújo/MinC

O secretário de Cultura da Bahia, Bruno Monteiro, e o secretário Municipal de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho, vão participar da mesa de abertura do evento, às 8h30, na Reitoria da UFBA. Todos os debates serão transmitidos online pelo canal do ENECULT no YouTube (youtube.com/enecult).

“Com o evento e a organização dos debates, buscamos promover um diálogo direto de representantes do Estado e principais órgãos de fomento à cultura com pesquisadores, profissionais e agentes do setor cultural, possibilitando também aprofundar temas fundamentais para o desenvolvimento da cultura no Brasil”, explica Sophia Rocha, coordenadora do Enecult.

O XIX Enecult é uma realização do Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT), que integra o Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC) da UFBA, em parceria com a Edufba e o Goethe-Institut Salvador-Bahia. Esta ação conta com o apoio do ESTADO DA BAHIA, através da Secretaria de Cultura, e também do GOVERNO FEDERAL, através do Ministério da Cultura.

Serviço

O quê: XIX Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult)

Quando: 23 a 25 de agosto de 2023 (quarta a sexta-feira)

Quanto: Aberto ao público. Para quem desejar receber certificado de participação, a inscrição pode ser feita até 23 de agosto no site enecult.ufba.br. O investimento é de R$ 40 (estudantes de graduação), R$ 50 (estudantes de pós-graduação) e R$ 60 (profissionais/professores)

Transmissões online: YouTube (youtube.com/enecult)

Confira a programação completa em: www.cult.ufba.br/enecult/programacao-2023/

Sobre o Enecult

Criado em 2004 com o intuito de consolidar um espaço de reflexão, debate, crítica e difusão sobre temas relacionados à cultura, o Enecult completa sua 19ª edição anual de forma ininterrupta. De 2004 a 2022, foram mais de 5 mil trabalhos apresentados em diferentes eixos temáticos; 240 palestrantes nacionais e 58 internacionais estiveram presentes nas mesas-redondas; e quase 200 livros de autores de todo o país foram lançados. Nesse período, foram abordados temas tão diversos quanto representativos: culturas e juventudes; cultura digital; cultura, gênero e sexualidade; formação em arte e cultura; diversidade cultural; cultura e território; financiamento da cultura; dentre outros. Tais temáticas mobilizaram pessoas do mundo acadêmico, gestores públicos, produtores culturais, artistas, curadores, trabalhadores da cultura e público interessado na área. O evento é um polo considerado imprescindível de acolhimento, discussão, divulgação, formação e intercâmbio dos estudos em cultura no Brasil e América Latina.

exclamção leia também