25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Serviços

Unidos pelo censo - 09/11/2022, 07:43 - Everton Santos

IBGE e CCR se unem para incentivar população a receber recenseadores

Ação ocorrerá nas estações Pirajá e Acesso Norte

As estações de metrô Pirajá e Acesso Norte recebem nesta quarta (9) e quinta (10), uma ação de divulgação do Censo Demográfico 2022. A atividade é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com a CCR Metrô Bahia, para incentivar a população a receber os recenseadores.

Em Salvador, 56,4% da população respondeu o censo, o que significa um atraso na coleta. A ação acontece pela manhã, entre 07h e 08h30, e no final da tarde, das 17h às 19h.

Durante a divulgação, os representantes das equipes censitárias do IBGE, uniformizados como recenseadores, estão entregando folhetos e tirando dúvidas dos clientes do metrô em trânsito nas estações. Cerca de 330 mil pessoas passam diariamente pelo Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas.

De acordo com a assessoria do IBGE-BA, até o início da manhã desta terça-feira, dia 8, o Censo 2022 já havia contado pouco mais de 143 milhões de pessoas em todo o Brasil, o que corresponde a 67,2% da população estimada para o país. Na Bahia, foram contadas um pouco mais de 10,9 milhões de pessoas, cerca de 73% da população. Já em Salvador pouco mais de 1,6 milhão de pessoas foram recenseadas, o equivalente a cerca de 56,4% da população.

Em relação a quantidade de pessoas recenseadas, Salvador ocupa o 16º lugar entre as capitais. Já entre os 417 municípios baianos, a capital tem a 19ª menor proporção de população recenseada. 265 municípios têm pelo menos 75% de sua população atendida, em Salvador, apenas 56,4% da população respondeu o censo. Outros 9 municípios têm menos da metade da população recenseada.

Segundo a assessoria do IBGE – BA, é comum que o Censo tenha um ritmo mais lento nas capitais e cidades maiores. “Ocorre em razão da maior dificuldade de encontrar as pessoas em casa, de mais recusas e das dificuldades de acesso a áreas como condomínios e regiões onde há problemas de segurança pública”, explica.

A assessoria informa ainda que a capital conta com menos recenseadores trabalhando que a média do estado. “Atualmente, na Bahia, estão trabalhando cerca de 8.600 recenseadores, o que representa 68,7% do total de vagas abertas no estado (12.485). Em Salvador, a proporção é de 63,6% do total de recenseadores efetivamente nas ruas (cerca de 1.600, para um total de 2.600 vagas)”, relata a nota.

Em Salvador, 1 a cada 10 pessoas não estão em casa quando os recenseadores aparecem para realizar a visita. 3,7% das residências em que morava alguém, as pessoas se recusaram a responder ao Censo. No estado como um todo, apenas 1,6% dos domicílios apresentaram recusa.

A assessoria informa que os recenseadores são orientados a retornar em outros horários/ dias, além de deixar uma folha de recado avisando que esteve ali e passando número e telefone de contato para que o morador marque um dia e horário para a visita.

O Censo Demográfico 2022, que acontece entre 1º de agosto e meados de dezembro, é o maior e mais detalhado levantamento estatístico nacional, o único que visita todos os domicílios em todos os municípios, para atualizar um retrato confiável de quantos, quem são, onde estão e como vivem as pessoas no Brasil. As informações coletadas pelos recenseadores são essenciais ao planejamento e à ação do poder público, da iniciativa privada e das comunidades.

exclamção leia também