30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Serviços

Doe vida - 03/04/2024, 19:59 - Da Redação

Autorização para doação de órgãos poderá ser feita por aplicativo

Novidade tem como objetivo simplificar, de forma segura e legal, a doação

Todas as pessoas são doadoras em potencial
Todas as pessoas são doadoras em potencial |  Foto: Divulgação/Sesab

Uma iniciativa possibilitará a autorização de doação de órgãos e tecidos, por meio de uma plataforma eletrônica, que a partir de agora ficará registrada nos cartórios nacionais, por meio da Autorização Eletrônica de Doação de Órgãos, Tecidos e Partes do Corpo Humano (AEDO).

A novidade, apoiada pelo Ministério da Saúde e coordenada pelo Conselho Nacional de Justiça e Cartório Notarial do Brasil tem como objetivo simplificar, de forma segura e legal, a doação de órgãos e tecidos de forma individual. Quem desejar manifestar esta intenção basta registrar no aplicativo ou no site www.aedo.org.br.

Por meio da Central Nacional de Doadores de Órgãos, será possível consultar a autorização da pessoa falecida – com o número do CPF – junto ao Sistema Nacional de Transplantes (SNT), que é ligado ao ministério.

Negativa familiar

Segundo o médico Eraldo Moura, na Bahia a negativa familiar à doação de órgãos fica em torno de 61%, índice acima da média nacional, e esse ainda é um dos principais entraves para a efetivação das doações e, consequentemente, a realização dos transplantes.

Todas as pessoas são doadoras em potencial, após avaliação médica da história clínica e das doenças prévias. É possível doar coração, pulmão, fígado, rim, pâncreas, intestino, córnea, medula óssea, pele, osso, tendão e válvula cardíaca (tecidos).

exclamção leia também