26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

PERDEU, PERDEU - 25/04/2024, 14:38 - Pedro Moraes - Atualizado em 25/04/2024, 17:05

Vídeo: lalaus usam ‘motoca’ em missão, mas são encurralados no Cabula

Indivíduos foram encurralados perto de uma popular igreja no bairro de Salvador

Região registrou mais de um crime na manhã desta quinta-feira (25)
Região registrou mais de um crime na manhã desta quinta-feira (25) |  Foto: Montagem Portal MASSA!//Reprodução/Vídeo

Em plena luz do dia, dois lalaus tentavam realizar intervenções criminosas no bairro do Cabula, em Salvador, nesta quinta-feira (25), quando se deram mal. Durante uma das atitudes duvidosas, uma guarnição da 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) abordou a dupla.

Na ordem de parada após se chocarem na viatura, os dois foram encontrados com objetos suspeitos. Uma arma de fogo calibre 38 estava sob posse dos lalaus, na Avenida Silveira Martins, que usaram uma ‘motoca’ para cometer os assaltos.

O veículo, que era roubado, também foi recuperado. Em função do crime, eles foram presos e levados à Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), onde a ocorrência está registrada como roubo.

Uma arma de fogo calibre 38 estava sob posse dos homens
Uma arma de fogo calibre 38 estava sob posse dos homens | Foto: Divulgação/PM-BA

O revólver, munições e celulares, que foram apreendidos, também foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para perícia.

Leia mais

Bandidos roubam arma de PM durante briga na Bahia; entenda o caso

Mulher tem carro roubado em bairro nobre de Salvador

Polícia prende meliante suspeito de assaltos no Centro de Salvador


Pegue a visão:

No mesmo dia, um homem recebeu vários pipocos na localidade conhecida como ‘Timbalada’, no bairro. Sem ter a identidade revelada, a vítima foi pega como uma execução de promessa de morte por supostos traficantes.

Não há informações sobre a motivação do fato. Esse último caso está sob investigação da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central).

exclamção leia também