25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Tá barril - 19/04/2024, 07:02 - Da Redação

Vídeo: bandido morre após fazer família refém em Alto de Coutos

Região tem sofrido com a onda de violência provocada por facções criminosas

Imagem ilustrativa da imagem

Uma família foi feita refém após um criminoso invadir o imóvel onde ela estava na Rua do Fogo Morto, localidade conhecida como Jauá, em Alto de Coutos, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

Nas imagens que a nossa reportagem teve acesso, é possível ver o suspeito, conhecido como Tony, fazendo uma mulher e duas crianças reféns. Ele está armado com uma pistola. No vídeo ele confirma que invadiu o imóvel: "Estou com refém aqui. Estou com refém".

Ainda segundo os moradores, policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar da Bahia (Bope), das Rondas Especiais (Rondesp) e da 18ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) cercaram o imóvel e tentaram negociar a rendição do homem.

"Ele foi pego de surpresa com essa operação da polícia. Terminou invadindo a casa da moradora e morreu após tentar fugir pelos fundos do imóvel. A polícia cercou o local e ele não quis se entregar", disse um morador, que prefere não ter a identidade revelada. A Polícia Militar não confirmou a morte.

Além de Tony, outros dois suspeitos também teriam morrido na ação das forças de segurança. Um pouco mais cedo, moradores registraram um intenso tiroteio o Alto de Coutos. A nossa reportagem também teve acesso a um vídeo que mostra o tiroteio.

"A gente acredita que os bandidos que fugiram de Mirantes de Periperi e Rio Sena fugiram para bairros próximos e esse confronto deve ser entre esses grupos. O bairro estava tranquilo e após essa onda da violência lá, o bicho pegou aqui", conta o morador.

Alto de Coutos é um bairro vizinho de Mirante de Periperi, bairro que tem sofrido com a violência nas últimas semanas. Após a ocupação da Secretaria da Segurança Pública (SSP), os criminosos deixaram a localidade e migraram para outros bairros e para a mata, onde conseguem se esconder.

A Polícia Militar confirmou que as operações irão permanecer ocorrendo em Coutos, Mirantes e Rio Sena.

exclamção leia também