26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

desmascarado - 13/06/2024, 10:05 - Da Redação

Valentão que espancou vítima no bar é cabo da PM; saiba detalhes

Situação aconteceu em um estabelecimento no Parque Júlio César, que fica na Pituba

Vítima foi agredida com socos, chutes e um 'pisão' na cabeça
Vítima foi agredida com socos, chutes e um 'pisão' na cabeça |  Foto: Reprodução | Redes Sociais

O individuo suspeito de ameaçar e espancar sem piedade um homem em um bar localizado no Parque Júlio César, Pituba, foi identificado como Danilo Augusto Oliveira Machado, cabo da Polícia Militar (PM-BA). Ele foi flagrado cometendo o ato pelas câmeras de segurança do local, na última quinta-feira (6).

Marita Souza, delegada titular da 16ª DT/Pituba, responsável pelas investigações do caso, confirmou a informação nesta quinta-feira (13). "Nós já ouvimos ontem tanto a vítima como algumas testemunhas. O autor será ouvido hoje, se trata de um policial militar, que será apresentado na delegacia", informou ela ao g1.

No vídeo obtido pelo Grupo A TARDE, é possível ver a vítima sendo ameaçada pelo PM com uma arma apontada em direção a cabeça, além de ter apanhado com socos e chutes. Ao tentar uma reação, ele leva uma 'botada' na cara e cai no chão. Derrubado, o rapaz é agredido novamente com mais socos, chutes e um 'pisão' no rosto.

Veja o vídeo:

"A vítima se lembra apenas que chegou no bar, conversou com as duas pessoas que estavam lá, dentre elas, o agressor. A partir daí só sabe o que viu no vídeo", disse a doutora.

Em nota encaminhada à reportagem, a PM informou que a corregedoria já está 'ligada' dos acontecimentos. O agente, identificado como cabo das forças de segurança, estaria em seu momento de folga e sem farda.

Leia mais:

Vídeo: homem é agredido por valentão armado em bar na Pituba

Novinho leva chumbo e morre dentro de clínica

Foi aberto um processo para investigar o ocorrido. A Polícia Militar se posicionou, lamentando o fato, repudiando as ações do agente e reafirmando "o compromisso na apuração e lisura dos fatos com o rigor da lei".

exclamção leia também