29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Ceifado de forma brutal! - 30/08/2023, 11:12 - Vinicius Viana - Atualizado em 30/08/2023, 16:54

Temente a Deus e trabalhador: motorista morto era querido em Periperi

Cleyton Pereira foi assassinado com um tiro na cabeça em Salvador

Cleyton Pereira era pai de uma menina
Cleyton Pereira era pai de uma menina |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Temente a Deus, trabalhador e pai de uma menina. Assim era conhecido Cleyton Pereira Santos, de 30 anos, entre os moradores do bairro de Periperi, no subúrbio Ferroviário de Salvador. O jovem, que era motorista de aplicativo na Uber, foi assassinado com um tiro na cabeça na noite de terça-feira (28), no IAPI.

Quem era Cleyton?

De família evangélica e formado em administração, Cleyton Pereira cresceu escutando as boas novas do evangelho e desde cedo começou a trabalhar na empresa dos pais, uma casa de material de construção. No estabelecimento, ele era vendedor e auxiliava o pai no gerenciamento dos negócios.

Com a voz embargada, uma amiga da família descreveu com exclusividade para o Portal MASSA! quem era Cleyton, o quanto o motorista de aplicativo era querido por todos e lamentou que a criminalidade, mais uma vez, destrói o sonho de um jovem promissor.

Cleyton Pereira era de família evangélica e formado em administração
Cleyton Pereira era de família evangélica e formado em administração | Foto: Reprodução/Redes Sociais

"Cleyton era um jovem trabalhador. Sua vida se resumia a trabalhar e cuidar da família, pois ele tinha uma filha, de aproximadamente 13 anos. Ele não possuía vícios e era um jovem exemplar", iniciou a fonte, abalada com a notícia do assassinato.

"Ele evitava rodar Uber até tarde devido à insegurança que permeia Salvador. Amigos, vizinhos e familiares vão lembrar dele como um jovem alegre, trabalhador e dedicado à família. Ele foi mais uma vítima da criminalidade e [me] pergunto: 'Até quando vamos perder jovens inocentes e trabalhadores?'", completou, pontuando que Cleyton deixa uma filha, uma namorada, seus pais e uma irmã.

Polícia investiga o caso

Carro de Cleyton Pereira será periciado
Carro de Cleyton Pereira será periciado | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A polícia informou que o carro que Cleyton Pereira dirigia foi recolhido e passará por perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT). O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ainda não há informações sobre a autoria do crime.

Uber confirma que Cleyton não estava trabalhando

A Uber lamenta profundamente que cidadãos sejam vítimas da violência urbana que permeia nossa sociedade. Apesar da empresa ser mencionada na matéria do Portal Massa/A Tarde, ao que tudo indica, pelas informações apresentadas, o caso não teria ocorrido durante viagem com a plataforma.

Cleyton Pereira Santos era cadastrado para atuar como motorista parceiro, mas sua última viagem feita por meio do aplicativo da Uber foi concluída normalmente. De qualquer forma, a empresa permanece à disposição dos órgãos de segurança para colaborar com as investigações, na forma da lei.

exclamção leia também