26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

reconhecimento facial - 21/04/2023, 08:35 - Bruno Dias

Tecnologia 'diferenciada' é usada para captar suspeitos na Micareta

Um assassino e um agressor de mulher foram identificados e presos nas duas primeiras horas da Micareta de Feira

Tecnologia de reconhecimento facial é utilizado por policiais na micareta
Tecnologia de reconhecimento facial é utilizado por policiais na micareta |  Foto: Vitor Barreto / SSP-BA

Durante as duas primeiras horas da Micareta de Feira de Santana, o Sistema de Reconhecimento Facial, através das câmera inteligentes, registrou a presença de dois suspeitos, sendo um assassino e um homem procurado por violência contra mulher. A tecnologia foi crucial para identificar os criminosos.

Pela segunda vez, essa tecnologia foi utilizada durante o maior carnaval fora de época da Bahia. Ainda em 2019, a mesma ferramenta foi responsável por ajudar na prisão de 33 criminosos foragidos da justiça.

O homicida foi identificado com mais de 95% de similaridade, ao passar por um dos Portais de Abordagem equipados com a tecnologia.

Cerca de meia hora depois, em outro ponto, um homem procurado por violência e ameaça contra a mulher acabou alcançado pelas equipes de rua após um alerta emitido pela ferramenta.

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Marcelo Werner, frisou a importância das câmeras para barrar o acesso de pessoas perigosas e que possam colocar em risco a tranquilidade dos foliões. "É um sistema eficaz, mais uma ferramenta empregada pela SSP para a proteção dos baianos e turistas que vierem à Micareta", frisou.

Saiba mais

Os principais pontos do Circuito Maneca Ferreira são monitorados com o Sistema de Reconhecimento Facial. Foram montados mais 50 pontos de videomonitoramento, 20 deles com câmeras inteligentes.

Os oito Portais de Abordagem, principais acessos à festa, estão equipados com as ferramentas capazes de fazer análise dos rostos que ingressam no circuitos e apontar a presença de foragidos da Justiça.

Duas Plataformas de Observação Elevadas (POE) também foram estacionadas em pontos estratégicos.

O superintedente de Gestão Tecnológica e Organizacional da Secretaria da Segurança Pública, coronel Marcos Oliveira, lembrou que as informações da ferramenta serão transmitidas para as equipes em campo que estarão equipadas com a Terminais Móveis de Comunicação LTE.

exclamção leia também