30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Pedido de socorro! - 04/01/2023, 15:17 - Vinicius Viana - Atualizado em 04/01/2023, 15:43

Taxistas cobram segurança após 11 motoristas mortos em 2022

Somente este ano, 8 taxistas foram vítimas de assaltos na capital baiana

Taxistas pedem mais segurança nas ruas
Taxistas pedem mais segurança nas ruas |  Foto: Divulgação

Aceitar uma corrida pode ser uma emboscada para o roubo do veículo ou os últimos momentos de vida de um taxista no estado da Bahia. Somente em 2022, 11 taxistas foram mortos durante o expediente, 681 entraram na estatística de assaltos e 180 veículos da categoria foram tomados de assalto. Do início do ano até esta quarta-feira (4), oito assaltos foram registrados pela categoria.

Em entrevista exclusiva ao Portal Massa!, o presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT)da Bahia, Denis Paim, falou sobre a violência que a categoria enfrenta no dia a dia e se mostrou otimista com a nomeação de Marcelo Werner, como novo secretário de Segurança Pública no governo Jerônimo Rodrigues (PT). "Nós temos vivido um momento de pânico na cidade de Salvador, mas estamos com muita esperança no novo governo que entrou. Nós temos que ter esperança", afirmou Paim.

Em seguida, o presidente da AGT falou sobre a dificuldade que a categoria enfrentou na gestão do ex-secretário de Segurança Pública, Ricardo Mandarino, para debater sobre a violência enfrentada pelos taxistas.

"Tentei por várias vezes uma reunião com o ex-secretário Mandarino e desde 2019 não somos atendidos. O último secretário que nos atendeu foi o Maurício Teles Barbosa e nessa época foi criada uma comissão de segurança pública, onde botaram várias autarquia para que dessem apoio aos taxistas quando houve necessidade, mas nunca passou do papel", contou

Por fim, Paim afirmou que vai continuar fazendo o contato com a Secretária de Segurança Pública e que espera conseguir apresentar as reivindicações da categoria para o novo secretário de segurança.

"Esperamos ser atendidos com a mudança do secretário, né? Temos uma reunião agora com o Xavier, comandante de ações especiais do comando geral. Ele ficou que nos atender e vamos aguardar. Esperamos que o governo seja bastante atencioso com a categoria que vem sofrendo com o aumento de assaltos", completou, pontuando que a violência em 2022 aumentou em relação ao ano anterior.

O Portal Massa! entrou em contato com a Secretária de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) e a Polícia Civil da Bahia (PC-BA) solicitando os dados sobre as violências sofridas pelos taxistas na Bahia em 2022. Por meio de nota, a Civil informou que "não existe esse recorte no Código Penal Brasileiro e nem no nosso banco de dados." Já a SPP-BA não respondeu a solicitação.

exclamção leia também