23º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Desdobramento - 09/12/2023, 20:12 - Da Redação

Suspeito de matar chef e esposa usava propriedade para tráfico

Eliandro Lourenço cuidou da casa de David Capó e Érica da Silva enquanto eles estavam na Europa

Casal foi encontrado morto na Ilha dos Macacos
Casal foi encontrado morto na Ilha dos Macacos |  Foto: Reprodução Redes Sociais

O homem identificado como Eliandro Lourenço de Menezes, de 46 anos, suspeito de matar o chef espanhol David Capó, 53, e a esposa dele, Érica da Silva, 38, teria usado a localidade da Ilha dos Macacos, em Porto Seguro, de propriedade do casal, para o tráfico de drogas. A informação foi confirmada por um dos delegados responsáveis pela investigação do caso, Euler da Silva, ao grupo A TARDE, neste sábado, 9.

A Polícia Civil informou que o suspeito está foragido pelo crime de tráfico de drogas e tem mandado de prisão preventiva em aberto. Além disso, foram realizados mandados de busca e apreensão. A principal linha de investigação aponta que a motivação para o crime, que aconteceu em 24 de novembro, teria sido vingança.

O chef espanhol teria garantido uma parte da Ilha dos Macacos, que pertencia ao casal, para o suspeito, segundo investigação. A promessa teria sido feita pelo fato de Eliandro ter trabalhado como caseiro durante três meses na residência, enquanto o casal estava na Europa.

O caso

David Capó, da ilha turística de Mallorca, no Mediterraneo, e a brasileira Érica, nascida em Itagimirim, cidade que fica a 100 km de Porto Seguro, foram encontrados mortos no dia 23 de novembro, em Porto Seguro.

De acordo com a Polícia Civil, os corpos foram encontrados às margens de um rio, com perfurações de arma de fogo. A delegacia de Porto Seguro expediu as guias para remoção e perícia.

Restaurante famoso

Cercado pelo verde, “Os Ribeirinhos” fica a 4 km do cais do Porto Seguro e era muito conhecido na região. Como o acesso ao estabelecimento é feito pelo rio, o casal tinha um barco próprio para buscar os clientes e um píer para recebê-los.

O casal compartilhava o dia a dia e as belezas naturais da Ilha nas redes sociais. O local era bastante requisitado por famílias que estavam de passeio em Porto Seguro.

exclamção leia também