26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Casa caiu - 06/03/2024, 08:34 - Da Redação- Atualizado em 06/03/2024, 10:32

Suspeito de estelionato cai na gaiola ao tentar sacar bolada

Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito se identificou como funcionário público

Polícia frustou suspeito de estelionato
Polícia frustou suspeito de estelionato |  Foto: Divulgação/PC

Um homem suspeito de estelionato foi preso em flagrante ao tentar sacar R$ 300 mil, após solicitar um empréstimo consignado. A prisão ocorreu quando ele apresentou uma identidade falsa em uma instituição financeira no município de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. O caso ocorreu na terça-feira.

Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito se identificou como funcionário público ao abrir uma conta com o objetivo de obter o crédito do empréstimo na instituição financeira. A identidade dele não foi revelada.

Diante da movimentação suspeita, a cooperativa de crédito analisou os documentos do homem e constatou a fraude. Em seguida, a empresa acionou a Polícia Civil e bloqueou o cartão de crédito.

Por causa disso, o homem entrou em contato com a instituição financeira para questionar a transação e foi até o local. Contudo, agentes da Polícia Civil esperaram a chegada do suspeito na instituição financeira e o prenderam em flagrante.

O homem confessou o crime e entregou outros comparsas. O suspeito, que segundo a Polícia Civil já havia aplicado o golpe em outros bancos da região, está custodiado à disposição da Justiça. Os documentos falsos passarão por exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Ele deve responder pelos crimes de estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso. Suspeito de estelionato cai na gaiola ao tentar sacar R$ 300 mil

Um homem suspeito de estelionato foi preso em flagrante na terça-feira (5) ao tentar sacar R$ 300 mil, após solicitar um empréstimo consignado. A prisão ocorreu quando ele apresentou uma identidade falsa em uma instituição financeira no município de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador.

Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito se identificou como funcionário público ao abrir uma conta com o objetivo de obter o crédito do empréstimo na instituição financeira. A identidade dele não foi revelada.

Diante da movimentação suspeita, a cooperativa de crédito analisou os documentos do homem e constatou a fraude. Em seguida, a empresa acionou a Polícia Civil e bloqueou o cartão de crédito.

Por causa disso, o homem entrou em contato com a instituição financeira para questionar a transação e foi até o local. Contudo, agentes da Polícia Civil esperaram a chegada do suspeito na instituição financeira e o prenderam em flagrante.

O homem confessou o crime e entregou outros comparsas. O suspeito, que segundo a Polícia Civil já havia aplicado o golpe em outros bancos da região, está custodiado à disposição da Justiça. Os documentos falsos passarão por exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Ele deve responder pelos crimes de estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso.

exclamção leia também