28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Sanguinário - 12/06/2024, 15:00 - Bruno Dias e Da Redação

Saiba o que levou DG, chefe do tráfico, a esquartejar próprio aliado

Veja quem foram os alvos da operação Excalibur, deflagrada na manhã desta quarta na Bahia

Video mostra DG e comparsas com armas em região de Mata de São João
Video mostra DG e comparsas com armas em região de Mata de São João |  Foto: Reprodução

Apontado como chefe do tráfico de drogas no município de Mata de São João, Jorge Douglas Bomfim da Silva, vulgo "DG", foi um dos alvos prioritários da Operação Excalibur, deflagrada na manhã desta quarta-feira (12), pela Polícia Civil da Bahia. As informações foram obtidas pelos Portais MASSA! e A TARDE.

De acordo com uma fonte da reportagem, DG era liderança da facção denominada 'A tropa' e tinha ligações com a organização criminosa carioca Comando Vermelho (CV).

Conhecido pelo modo violento de agir, ele era investigado por diversas execuções, entre elas, a de um integrante do próprio grupo, um homem conhecido pelo vulgo de VN.

O ex-comparsa foi encontrado com o corpo esquartejado em abril deste ano. O crime teria sido cometido a mando de DG. A motivação seria uma suposta rixa entre eles.

"Ele é envolvido em execução de crimes contra a vida, além de tráfico de drogas. Com ele foi encontrado uma submetralhadora, a qual ele capturado por câmeras de seguranças do município", disse o delegado Aldacir Ferreira, titular da delegacia de Mata de São João.

Em imagens que o Portal A TARDE teve acesso, DG, André do Caboré, Alessandro Pereira, vulgo gordo, os dois últimos presos na ação desta quarta, aparecem com armas em uma localidade de Mata de São João. Os vídeos foram gravados no final do ano passado. DG é o de cabelo descolorido.

Veja:

Joseval, a terceira pessoa presa na operação, era foragido da Justiça paulista pelo crime de homicídio qualificado e estava escondido na Bahia.

"Todos envolvidos em crimes contra a vida, tráfico de drogas, porte ilegal de armas, associação ao tráfico de drogas, ou seja, pessoas acostumadas a práticas esses tipos de delitos, tanto em Mata de São João, como região", continuou.

Na ação, foram apreendidos uma metralhadora, um revólver 38 e embalagens utilizadas na comercialização de drogas. Participam também da ação equipes da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core) e de unidades territoriais da RMS.