31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Sem Dó - 17/11/2023, 12:18 - Leilane Teixeira | Portal A Tarde

Pai de suspeito na morte de Sara Mariano diz que filho 'vai pagar'

Pai de Victor Gabriel revelou que não vai defender o filho

Sara Mariano teria sido morta no mesmo dia em que desapareceu
Sara Mariano teria sido morta no mesmo dia em que desapareceu |  Foto: Foto: Reprodução/Redes Sociais

O pai de Victor Gabriel, quarto suspeito de participar da morte da pastora Sara Mariano, falou com exclusividade com o Portal A TARDE após o filho assumir envolvimento no crime, em depoimento dado na quinta-feira (16), para a polícia.

Apesar de não querer dar muitos detalhes por ainda estar abalado com a descoberta, Fábio Oliveira afirmou que não vai acobertar Victor e ele vai pagar pelo que fez.

"A gente está triste, todo mundo está arrasado com a situação e ele vai pagar pelo que ele fez. Ele vai pagar pelos atos dele, porque eu e a mãe não criamos ele para esse tipo de atitude. Se ele fez, ele vai pagar pelo erro agora. Nunca na vida que eu esperava isso vindo dele. Ele vai assumir, porque eu fiz um homem. Eu olhei para ele e falei: 'Já que você fez a merda, você vai assumir'", desabafou.

Victor Gabriel assumiu na última quinta, durante depoimento prestado na 25ª DT/Dias D’Ávila, ter participado do crime. Segundo o advogado dele, Marco Pavã, Victor afirmou que segurou os braços de Sara Mariano para Zodaque esfaqueá-la.

Relembre o caso

A pastora Sara Mariano foi vista pela última vez com vida na noite do dia 24 de outubro, ao deixar a casa da família. Na época, Ederlan Mariano chegou a registrar o boletim de ocorrência pelo desaparecimento da esposa, e afirmou que ela tinha saído com destino a eventos religiosos, mas alegou não saber quais.

Três dias após o desaparecimento, no dia 27 de outubro, o corpo dela foi encontrado carbonizado, em uma área de mata às margens da BA-093, na região de Dias D'Ávila, cidade da Região Metropolitana de Salvador.

O marido da cantora, Ederlan Santos Mariano foi preso na madrugada do dia 28 de outubro, após confessar ter cometido o crime. O corpo de Sara Mariano foi sepultado no dia 30 de outubro, em Salvador, sob forte comoção de amigos e familiares.

Já no dia 1º de novembro, Ederlan foi transferido para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, onde segue preso por prisão temporária de 30 dias.

exclamção leia também