30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Que situação, hein? - 21/08/2023, 23:13 - Da Redação

Mulher é suspeita de guelar cabelo de defunta para fazer alongamento

A vítima foi a manicure Carolaine Correia dos Santos, de 26 anos, morta a tiros na última terça-feira (15) na cidade de Penedo (AL)

Manicure morta a tiros teve o cabelo cortado enquanto o corpo era preparado para velório
Manicure morta a tiros teve o cabelo cortado enquanto o corpo era preparado para velório |  Foto: Reprodução Redes Sociais

Uma mulher é suspeita de cortar o cabelo de uma defunta enquanto o corpo dela estava sendo preparado para ser sepultado. A vítima foi a manicure Carolaine Correia dos Santos, de 26 anos, morta a tiros na última terça-feira (15) na cidade de Penedo (AL).

De acordo com o chefe de operação da Delegacia Regional de Penedo, Welber Cardoso, para realizar o ato a suspeita se identificou como irmã da vítima para ter acesso ao local onde estava o corpo,

O roubo do cabelo foi descoberto quando o pai da vítima chegou na funerária e foi informado que a irmã da vítima estaria preparando o corpo para o funeral. Ao negar o parentesco, o homem seguiu para sala onde o corpo se encontrava e perceberam que a mulher tinha cortado o cabelo de Carolaine.

Segundo os familiares da vítima, mesmo depois de cometer o crime, a suspeita foi ao velório e confessou ter violado o corpo de Carolaine. Com as informações levantadas, a Polícia Civil determinou a abertura de inquérito policial para investigar o caso.

Para a polícia existe duas possibilidades: a suspeita tinha como objetivo fazer um procedimento estético (alongamento capilar) com o material retirado da vítima ou que ela teria cortado o cabelo para a família guardar de recordação.

Apesar de não ter sido presa, a mulher ainda pode ser condenada e responder pelo crime de vilipêndio a cadáver, que prevê detenção de 1 a 3 anos e multa.

exclamção leia também