25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Tentou furar o bloqueio - 03/11/2022, 10:31 - Everton Santos

Motorista preso por atropelar grupo em bloqueio presta depoimento

Condutor disse que foi agredido

Motoristas atropelados
Motoristas atropelados |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

O motorista que atropelou bolsonaristas que estavam em um bloqueio na Rodovia Washington Luís, em Mirassol (SP), na tarde de quarta-feira (2), disse em depoimento na Polícia Civil que acelerou o carro depois de ser agredido pelos participantes do ato. Duas meninas, três PMs e outras 12 pessoas foram atingidos. Ninguém morreu.

O homem que dirigia o veículo foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e encaminhado para a Divisão Especializada de Investigações Criminais (DEIC) de São José do Rio Preto (SP). Ainda nesta quinta-feira le vai passar por audiência de custódia.

A Polícia Civil de Mirassol está investigando o caso para descobrir o motorista está falando a verdade. Testemunhas devem ser ouvidas nos próximos dias.

Algumas pessoas que gravam o ato antidemocrático registraram quando um carro de cor prata acelerou e atropelou o grupo que estava no meio da pista.

Segundo o capitão da Polícia Militar Rodoviária de São José do Rio Preto (SP), Maurício Noé Cavalari, 17 pessoas foram atingidas pelo veículo.

“Estávamos em negociação com os manifestantes para poder desobstruir a via por completo. A negociação era pacífica, quando teve a interrupção total da pista. Alguns manifestantes chegaram a deitar na rodovia. Não houve uso de força, mas um condutor arrancou bruscamente sobre as pessoas. Ele só parou quando os policiais fizeram a abordagem”, disse.

Segunfo o capitão, várias ambulâncias foram acionadas e levaram os feridos para hospitais e unidades de saúde da região.

"Fizemos isso para não sobrecarregar os hospitais. Retiramos o condutor e a passageira do carro para levá-los à delegacia em segurança. Também conseguimos conversar com os manifestantes e liberar a rodovia por completo", afirmou.

exclamção leia também