31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Caso Lucas Terra - 25/04/2023, 19:30 - Pedro Moraes- Atualizado em 25/04/2023, 20:37

Marion revela que Galiza chamou Lucas de 'soldado morto'

Mãe do jovem morto com o corpo largado às traças detalhou os requintes de crueldade do crime

Mãe do jovem morto com o corpo largado às traças detalhou os requintes de crueldade do crime
Mãe do jovem morto com o corpo largado às traças detalhou os requintes de crueldade do crime |  Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

A correria incessante por justiça fez de Marion uma guerreira social. Além do amor de mãe, ela vive com o coração partido até abril de 2023. Isso porque seu filho, Lucas Terra, foi encontrado morto largado às traças no bairro de Vasco da Gama.

No júri popular desta terça-feira (25), no Fórum Ruy Barbosoa, em Salvador, Marion entregou algumas etapas da vivência do seu filho e pastores locais. Segundo a mãe de Lucas, as tentativas iniciais de falar com Galiza não era para julgá-lo, e sim para saber as motivações do crime.

"O Galiza desde o início nós queríamos falar com eles para saber orque aquilo tinha acontecido, antes dele ser julgado. Foi um início difícil, nós não tínhamos a devida atenção das autoridades", alega.

Quanto a Fernando, um dos acusados e julgados no júri popular, Marion destaca que ele foi sórdido com os jovens na busca pelo filho e insensível.

"Fernando mencionou que os jovens, que estavam na busca pelo corpo de Lucas, não podiam se envolver com a igreja por causa de 'luquinhas qualquer, um soldado morto'", contesta.

exclamção leia também