26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Caso chocante! - 25/04/2023, 16:18 - Santiago Oliveira e Redação- Atualizado em 25/04/2023, 18:31

Mãe de Lucas Terra pede pena máxima aos acusados e espera por justiça

Marion desabafou sobre os 22 anos de impunidade no caso da morte de seu filho

Mãe de Lucas Terra conversando com a imprensa
Mãe de Lucas Terra conversando com a imprensa |  Foto: Uendel Galte / Ag. A TARDE

Com previsão de duração máxima de quatro dias, o julgamento popular dos acusados pela morte do jovem Lucas Terra começou nesta terça-feira (25), e Marion Terra, mãe do garoto assassinado, esteve presente no Fórum Ruy Barbosa. No local, ela explicou o sentimento de 22 anos sem nenhuma solução.

“São 22 anos de contramão da justiça. Porque nessa caminhada, tanto pra mim, quanto para o Carlos, nos sentimos desamparados pela justiça, porquê a gente via a forma que eles conduziam o processo. Todas as tramitações dentro da justiça sempre foram em apoio a eles, então nos sentíamos como se nós fossemos os criminosos”, desabafou Marion, que em seguida revelou seu desejo em meio à situação.

Leia mais: Lucas Terra: Pastor acusado de matar jovem proibiu buscas na igreja

Confira: Bruno Reis não descarta bate-papo com Roma sobre eleições de Salvador

Veja também: Léo Santana revela aumento no cachê após sucesso com "Zona de Perigo"

"Então, o que eu quero hoje, como mãe de Lucas neste julgamento, é que seja uma pena máxima. O meu amparo, o que nos apoia é a sociedade e eu espero isso da sociedade, que eles sejam julgados e condenados, que o Fernando e o Joel, esses pedófilos, assassinos, que saiam condenados pelo júri popular", completou.

Mãe busca justiça por Lucas Terra
Mãe busca justiça por Lucas Terra | Foto: Uendel Galte / Ag. A TARDE

A mãe da vítima ainda afirmou que não sairá do fórum até que o caso esteja completamente decretado e está esperançosa quanto à decisão final.

"Todos os dias, com certeza. Não vou me afastar em nenhum momento, só na hora do depoimento das testemunhas, que eu acredito que não posso ouvir, mas vou estar aqui fora, sempre torcendo e acreditando que a justiça não tarda, ela vem no momento certo. A justiça de Deus vem no momento certo. Então, esse dia, 25 de abril de 2023, é o dia que senhor vai me dar minha vitória, de vê-los julgados", afirmou.

exclamção leia também