28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Monstruosidade! - 15/12/2023, 09:31 - Dara Medeiros

Madrasta é presa após inserir desodorantes em ânus de bebê

Criminosa alegou que queria castigar a criança por fazer "cocô em excesso"

Bebê foi torturado pela madrasta e crime foi descoberto pela avó materna
Bebê foi torturado pela madrasta e crime foi descoberto pela avó materna |  Foto: Marcello Casal | Agencia Brasil

A madrasta de um bebê de um ano e sete meses foi presa nesta quinta-feira (14) após inserir um frasco de desodorante roll-on no ânus dele. Segundo a polícia, a criminosa confessou ter feito isso como um castigo para que a criança parasse de defecar. O caso aconteceu na cidade de Divinópolis, em Minas Gerais.

A mulher, que tem 21 anos, foi denunciada pelos crimes de tortura e sofrimento físico. A primeira pessoa a desconfiar que havia algo de errado com o bebê foi a avó materna, que chegou a pensar que a criança estava sendo vítima de violência sexual e levou a criança para fazer exames em um posto de saúde da região. A vítima foi atendida e a médica confirmou a presença de lesões no ânus dela.

A Polícia Militar recebeu a informação da suspeita de estupro contra o bebê e foi à casa do pai para averiguar a denúncia. Chegando lá, a madrasta desconversou e até deu a entender que os sangramentos começaram quando o bebezinho estava tomando banho com o meio-irmão, o filho mais velho dela. Ela só confessou o crime quando percebeu que havia a suspeita de que o marido tinha estuprado o neném.

Depois de muita conversa, a criminosa explicou sua motivação. “Pelo fato de a criança estar fazendo cocô em excesso, resolveu introduzir um frasco como forma de castigo, de fazer ela parar de fazer cocô”, contou um tenente.

exclamção leia também