28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Quase terminando - 27/04/2023, 19:36 - Da Redação

Lucas Terra: MP encerra considerações e pede condenação de pastores

Ariomar Figueiredo fecha sustentação oral questionado "vida de robôs" dos acusados

MP encerra considerações e pede condenação de pastores pelo assassinato de Lucas Terra
MP encerra considerações e pede condenação de pastores pelo assassinato de Lucas Terra |  Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

O promotor Ariomar Figueiredo alinhou todos os pontos levantados pelo colega Davi Gallo, do Ministério Público, para encerrar a Denúncia contra os pastores da Igreja Universal, Fernando Aparecido da Silva e Joel Miranda no início da noite de hoje (27).

O principal questionamento dele, após a revisão dos autos e dos depoimentos, foi a inexistência de relatos de um cotidiano à parte das funções da igreja. Como se a vida não tivesse cores, só trabalho do minuto que se acordo ao que se deita para dormir.

"A vida que eles apresentaram aqui foi vida de robô. E cadê a vida de ser humano? Do que fura? Do filho que adoece? Da indisposição? Da dor nas costas? Só eu que sinto? Só eu que tenho que dar assistência à minha família?", questionou Ariomar. "Nunca um fiel passou mal na igreja? Nunca um fiel foi socorrido pelos pastores?", complementou.

Disse ainda: "é por isso que o Ministério Público pede a condenação dos réus. Olhem essas fotos e vejam no que eles transformaram Lucas Terra", disse o promotor mostrando o monitor aos jurados.

"E as esposas deles ainda dizem que sentem a dor de dona Marion. Em 22 anos elas engravidaram. Elas tiveram filho. Os delas irão crescer. Lucas, não. Dói, dona Marion. Dói. E ainda comparam a dor deles isso aqui. A dor de pessoas que nem seis meses ficaram presas por esse crime", finalizou.

exclamção leia também