28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

No Rio de Janeiro - 12/12/2022, 13:01 - Everton Santos

Julgamento de anestesista preso por estupro começa nesta segunda

Giovanni responderá pelo crime de estupro de vulnerável, cuja pena varia de 8 a 15 anos de reclusão

Giovanni foi preso em flagrante por estupro
Giovanni foi preso em flagrante por estupro |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

O julgamento de Giovanni Quintella Bezerra, anestesista que foi filmado estuprando uma grávida na sala de parto em São João de Meriti, no Rio de Janeiro, começa nesta segunda-feira (12).

Ele não vai acompanhar de forma presencial a audiência por motivo de segurança, já que está sendo ameaçado de morte e, por medida de proteção, acompanhará os depoimentos da Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, conhecida como Bangu 8.

Giovanni foi denunciado à Justiça pela 2ª Promotoria de Justiça Criminal de São João de Meriti e responderá pelo crime de estupro de vulnerável, cuja pena varia de 8 a 15 anos de reclusão.

Na audiência, irão depor a vítima e seu marido, além de oito testemunhas de acusação, oito testemunhas de defesa e, posteriormente, os esclarecimentos da perícia. Todo o processo pode durar até 60 dias e Giovanni irá depor por videoconferência para que sua presença não cause intimidação na vítima.

O médico anestesista foi preso em flagrante na madrugada do dia 11 de julho de 2022 por estupro de vulnerável após ser flagrado colocando o pênis na boca de uma paciente enquanto ela estava dopada e passava por um parto cesárea.

exclamção leia também