31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Deu ruim agora - 15/11/2023, 13:28 - Da Redação

Investigação aponta que marido de Sara Mariano molhou mão de suspeitos

Dupla foi em cana na terça-feira (14) e nesta quarta (15)

Ederlan é acusado de molhar a mão de suspeitos de envolvimento na morte de Sara Mariano
Ederlan é acusado de molhar a mão de suspeitos de envolvimento na morte de Sara Mariano |  Foto: Reprodução

O delegado Euvaldo Costa, responsável pela investigação do caso Sara Mariano, trouxe detalhes, em fala à imprensa, sobre as prisões do líder religioso Bispo Zadoque e do motorista de aplicativo identificado como Gideon. Segundo as investigações, a dupla recebeu um dinheiro de Ederlan Santos, marido da cantora gospel, também em cana.

Zadoque foi de caninha na noite desta terça-feira (14), na Ilha de Itaparica, enquanto Gideon foi pro xilindró nesta quarta (15), em Camaçari.

“Conforme as investigações, o suposto líder religioso e o motorista de aplicativo são suspeitos de participação na logística e execução, bem como no ato de incendiar o corpo e na tentativa de omitir provas”, iniciou o titular da 25ª DT, que continuou.

Leia mais

Namorados? Bispo preso pode ter caso com marido de Sara Mariano; espie

“As investigações apontam que o ex-marido da vítima deu valores em dinheiro para os autores e promoções artísticas para o suposto líder religioso. As investigações continuam, para individualizar as condutas dos envolvidos e identificar a possibilidade de mais participações”, confirmou o delegado.

Sara foi morta e teve o corpo carbonizado em outubro deste ano. Dias depois, o marido de Sara, Ederlan Santos, foi preso. Ele é investigado como possível mandante.

exclamção leia também