26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

A casa caiu! - 01/03/2024, 08:09 - Da Redação- Atualizado em 01/03/2024, 08:21

Homicida do Baralho do Crime é tirado de jogo pela polícia

Suspeito de duplo homicídio foi preso em Lauro de Freitas

Casa caiu para homicida
Casa caiu para homicida |  Foto: Reprodução/Divulgação

O Quatro de Ouros do Baralho do Crime foi retirado de circulação na manhã desta sexta-feira (1), em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, durante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva. O criminoso, identificado como Márcio Mendes do Nascimento, é suspeito de homicídios na área de São Cristóvão, sendo considerado um dos alvos prioritários da Secretária de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

De acordo com as investigações da 1ª DH Atlântico, o suspeito teria sido identificado como o autor de um duplo homicídio ocorrido no dia 07/08/2020, na Av. São Cristóvão. No episódio, O Quatro de Ouros efetuou disparos de arma de fogo que vitimaram Alexandre Vitor Rodrigues Pimenta e Ednei Oliveira dos Santos.

Além do duplo homicídio, Márcio Mendes do Nascimento também é suspeito de integrar uma organização criminosa no bairro de São Cristóvão. Em razão disso, foi solicitada a sua prisão preventiva, sendo decretada pelo 2º Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Salvador/BA.

Após um minucioso trabalho de inteligência e com a aplicação de recursos tecnológicos, foi possível obter informações que o foragido estaria homiziado em um condomínio na cidade de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, ocasião em que as equipes do DHPP diligenciaram até o local, efetuando o cumprimento do mandado e apresentando o investigado na sede da Polinter, para tomada das providências cabíveis.

A ação de hoje resultou na 32ª (trigésima segunda) prisão ocorrida no âmbito da OPERAÇÃO ARGUS desde o seu início em 2021, operação essa que visa o aumento dos índices de cumprimento de mandados de prisão de homicídio expedidos pelas varas do júri.

exclamção leia também