27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Regime Fechado - 09/08/2023, 08:57 - Da Redação

Homem que matou ex-esposa em Ipirá pega 16 anos de cadeia

Crime ocorreu em janeiro de 2022

Alessandra Rios foi morta a tiros na frente das filhas quando voltada de uma vaquejada
Alessandra Rios foi morta a tiros na frente das filhas quando voltada de uma vaquejada |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Acusado de matar a ex-esposa Alessandra Souza Rios, Luiz Carlos Ferreira da Silva foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado após júri popular realizado na terça-feira (8) no município de Ipirá, na região centro-norte do estado da Bahia.

O crime ocorreu em janeiro de 2022, quando o indivíduo teria atirado na vítima que, na ocasião, voltava de uma vaquejada. As filhas gêmeas do casal, que estavam com a mãe, presenciaram o crime e uma delas quase foi atingida.

Após matar a ex-esposa, Luiz Carlos foi preso em flagrante pela polícia e permaneceu preso até o julgamento desta terça, que durou cerca de 10 horas. O tempo que ele permaneceu preso deverá ser descontado da pena e uma boa conduta durante o cumprimento da sentença pode também reduzir o período de cárcere.

Alessandra e Luiz Carlos estavam separados quando o crime ocorreu. A vítima possuía uma medida protetiva contra o acusado e ele já era investigado por ameaçar e causar danos à mulher quer atuava como cabelereira.

Luiz Carlos foi encontrado por policiais militares em uma fazenda de Ipirá e foi preso em flagrante. Em depoimento, ele disse que estava desorientado e não se recordava do crime. Após o julgamento, ele cumprirá a pena em regime fechado no Presídio Regional de Feira de Santana.

exclamção leia também