25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Não viu a filha! - 14/11/2022, 07:35 - Vinicius Viana

Homem executado em maternidade ia visitar filha recém-nascida

"Nino" foi morto na recepção de uma maternidade quando ia visitar grávida de 14 anos

"Nino" foi morto na recepção da Maternidade Climério de Oliveira.
"Nino" foi morto na recepção da Maternidade Climério de Oliveira. |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Luiz Henrique Santos Miranda, de 40 anos, conhecido como “Nino”, executado na recepção da Maternidade Climério de Oliveira, no bairro de Nazaré, em Salvador, na tarde de domingo (13), foi ao hospital para visitar uma adolescente de 14 anos, que estava internada na unidade de saúde após dar à luz a uma menina.

De acordo com funcionários da maternidade, um grupo de homens armados entrou na unidade de saúde e efetuou cerca de 40 disparos em direção a Nino, que é apontado como uma pessoa ligada à família Floquet, que comandou, por vários anos, o tráfico de drogas no bairro do Alto das Pombas.

Durante a ação criminosa nenhum profissional, paciente ou outros visitantes ficaram feridos. A Maternidade Climério de Oliveira se manifestou sobre o caso e informou que prestou atendimento e o acolhimento necessários às pessoas que estavam na unidade e está à disposição das autoridades.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que “Nino” tinha passagens pela polícia por envolvimento no tráfico de drogas. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime.

exclamção leia também