26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Barbárie em Itabuna - 26/10/2022, 07:59 - Everton Santos- Atualizado em 26/10/2022, 18:56

Homem é preso após estuprar criança de 7 anos dentro da casa dela

Suspeito pedia donativos para centro de recuperação

Crime ocorreu na cidade de Itabuna
Crime ocorreu na cidade de Itabuna |  Foto: Reprodução

A polícia prendeu um homem de 26 anos, na BR-101, em Itabuna, no sul da Bahia, suspeito de estuprar uma criança de 7 anos, nesta terça-feira (25). Ele confessou o crime e disse a Polícia Civil que já foi autuado pelo mesmo motivo em Porto Seguro, na mesma região do estado.

Segundo informações da Polícia Civil de Itabuna, o crime aconteceu no final da manhã desta terça-feira, no condomínio Pedro Fontes, no bairro São Roque. O homem, identificado como Rodrigo Santana Santos, integra o Centro de Recuperação Maanaim e estava pedindo outros donativos junto com outros internos para pedir donativos, como é de costume da instituição que auxilia no tratamento de dependentes químicos há 23 anos no município.

No condomínio, o suspeito teria ido em um imóvel pedir donativos, quando notou que a criança de 7 anos estava sozinha. A mãe da menina havia saído de casa para comprar um refrigerante.

Rodrigo então pediu água e para ir ao banheiro. Quando conseguiu entrar imóvel, ele estuprou a menina. Ao retornar para casa, a mãe da menina a encontrou chorando e Rodrigo já tinha fugido. Os moradores da região abordaram os outros companheiros do suspeito e a família acionou a polícia.

"Quando ele conseguiu entrar [no imóvel], já próximo do banheiro, ele pediu que ela [criança] tirasse a calcinha. Ela não quis, mas ele a obrigou e ele praticou atos libidinosos. Depois ele fugiu. Ele vai responder pelo crime hediondo, que a pena de reclusão é de 8 a 15 anos", explicou a delegada Sione Porto, que acompanha o caso.

De acordo com Sione Porto, a criança não será ouvida na delegacia, mas compareceu à unidade na companhia da mãe. A vítima passou por exames no Hospital Manoel Novaes.

"Ela será encaminhada ao juizado da Infância e da Juventude, que lá tem uma equipe multidisciplinar. Também terá acompanhamento com Conselho Tutelar, que já está aqui [na delegacia], além de acompanhamento psicológico", disse.

A delegada vai pedir a prisão preventiva de Rodrigo e o pastor responsável pela instituição Maanaim disse que lamenta a situação e que prestou assistência à família.

exclamção leia também