29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

SAIU DO FORMIGUEIRO - 06/03/2024, 19:21 - Da Redação- Atualizado em 06/03/2024, 19:44

'Formiga' do BDM é executado em Paripe após tiroteio

Indivíduo carregou uma série de crimes durante toda a vida

Indivíduo carregou uma série de crimes durante toda a vida
Indivíduo carregou uma série de crimes durante toda a vida |  Foto: Montagem Portal MASSA!//Leitor Portal MASSA!

Um ataque a tiros deixou a rua Dr. Eduardo Dotto, na Praça João Martins, no bairro de Paripe, no Subúrbio de Salvador, cheia de poças de sangue, na tarde desta quarta-feira (6). Informações obtidas pelo Portal MASSA! apontam que duas pessoas foram atingidas.

Uma delas, identificada como Emerson de Souza Aquino, de 44 anos de idade, não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo informações divulgadas pela Polícia Civil da Bahia (PC-BA), dois suspeitos chegaram ao local montados em uma motocicleta e efetuaram os pipocos.

Apesar de ser socorrido a uma unidade de saúde, o homem não resistiu aos ferimentos. Já o outro atingido foi levado a um hospital, mas até o momento não há informação sobre o atual estado de saúde.

‘Formiga’

O Portal MASSA! recebeu informações de uma fonte local que o falecido atendia pelo vulgo de ‘Formiga’. Entre os crimes que carregou nas costas, um deles diz respeito ao assassinato de um homem identificado pelo prenome de Marquinhos.

Leia mais

Vídeo: pente fino de facção criminosa deixa baleados na Suburbana

Operação El Patron: braço direito de líder de facção criminosa é preso


Outro fato seria o homicídio de uma mulher, identificada pelo prenome de Milene, que teria sido jogada em uma estrada da cidade de Simões Filho. Ainda assim, as informações sobre a ficha criminosa da vítima não foram confirmadas pela polícia.

Testemunhas

Conforme a PC-BA, populares que estavam próximo ao local do crime foram ouvidos em depoimentos. “Diligências investigativas estão sendo realizadas para localizar os suspeitos”, relata um trecho da nota enviada pela corporação à reportagem.

exclamção leia também