24º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Caso polêmico - 29/04/2024, 13:41 - Dara Medeiros

"Eu falhei", desabafa policial que bateu em mãe que espancou a filha

Agente se descontrolou durante operação policial e deu um tapa em mulher acusada de agressão

Fabíola Aniely é policial militar em Pernambuco
Fabíola Aniely é policial militar em Pernambuco |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

A policial militar Fabíola Aniely da Conceição, que foi flagrada dando um tapa no rosto de uma mãe que espancou a própria filha de 11 anos, publicou um desabafo nas redes sociais nesta segunda-feira (29). O caso aconteceu em Pernambuco, na última sexta-feira (26), e viralizou nas redes sociais. Dividindo opiniões por ter se excedido durante a operação policial, além de receber várias mensagens ofensivas na internet, Fabíola ainda corre o risco de ser punida profissionalmente.

“Se for punida, eu vou cumprir. Eu vou cumprir porque estamos sujeitos à falha. Eu falhei, porém, atrás de uma farda, existem seres humanos. Enquanto o serviço de segurança pública for efetuado por pessoas e não for substituído por máquinas, robôs ou algo parecido, vai haver falhas, e, por trás de uma farda, existem pessoas, homem, mulher e mãe”, disse.

Assista:

Sensibilizada com a situação da garotinha, Fabíola Aniely ainda falou que sua maior preocupação não é com engajamento ou com as ofensas que está recebendo desde que o caso aconteceu, mas com o bem-estar da menina que foi agredida pela própria mãe.

“Hoje minha maior preocupação não é o engajamento, não é a quantidade de xingamento que eu estou recebendo, não é se eu vou ser punida ou não. A minha principal preocupação é a saúde da criança, como é que ela está, porque ela sofreu agressões físicas e principalmente psicológicas”, declarou a policial.

Entenda o caso

Uma mulher de 27 anos foi presa em flagrante após cometer uma "lesão corporal por violência doméstica/familiar" contra a própria filha, uma menina de apenas 11 anos. O crime aconteceu na última sexta-feira (26), em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

De acordo com a conselheira tutelar que foi acionada pelos vizinhos da família, Alzenir Vasconcelos, a mãe bateu na garota após ser acordada por uma briga entre ela e outros dois filhos enquanto jogavam videogame. A criança foi socorrida para o Hospital João Murilo de Oliveira, onde a Polícia Militar também foi acionada.

Ao chegar no local, foi constatado que a menina apresentava hematomas, dificuldade para andar e luxações no braço. Ao se deparar com a situação, a policial Fabíola Aniely acabou se descontrolando e batendo na mãe da criança, a algemando e levando para a delegacia em sequência. Ela foi presa e passou por audiência de custódia. Porém, até o momento, o resultado da sessão não foi revelado.

Já a garotinha passou por avaliação do ortopedista e do pediatra da unidade de emergência e recebeu alta. Agora, ela está sob a responsabilidade do Conselho Tutelar e foi transferida para um local seguro fora da cidade.

exclamção leia também