28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

VACILOU, DANÇOU! - 08/05/2023, 12:13 - Alan Santana - Atualizado em 08/05/2023, 12:29

Equipamentos de som são apreendidos durante operação em 60 bairros

Locais com mais denúncias registradas são Pituba, Itapuã, Rio Vermelho e Uruguai

Ação conjunta da Sedur e das Polícias Militar e Civil da Bahia
Ação conjunta da Sedur e das Polícias Militar e Civil da Bahia |  Foto: Haeckel Dias / Ascom-PC

Durante a Operação Sílere diversos equipamentos de som foram apreendidos no último domingo (7), em uma ação conjunta da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e das Polícias Militar e Civil da Bahia, em Salvador. O processo faz parte das comemorações do Dia Municipal de Combate à Poluição Sonora.

A operação visa combater a poluição sonora e as apreensões dos equipamentos aconteceram em diversos pontos da capital baiana. Ao todo, a ação foi realizada em mais de 60 bairros. Os locais com mais denúncias registradas são Pituba, Itapuã, Rio Vermelho e Uruguai.

A Sedur destacou que, durante a Operação Sílere, já apreendeu 323 equipamentos sonoros. Neste ano, Salvador contabiliza mais de 11 mil denúncias de poluição sonora, que pode resultar em multa de até R$ 200 mil.

Imagem ilustrativa da imagem Equipamentos de som são apreendidos durante operação em 60 bairros
Foto: Reprodução/ TV Bahia

Se ligue na Lei

Segundo a Lei municipal 5.354/1998, que dispõe sobre a utilização sonora em Salvador, é somente permitida a emissão de ruídos com níveis acima de 70 decibéis das 7h às 22h, e acima de 60 decibéis das 22h às 7h. Em caso de descumprimento o valor da multa varia entre R$ 1.211,73 e R$ 201.788,90, mais a apreensão do equipamento de som.

O cidadão que estiver incomodado com a poluição sonora pode registrar uma denúncia através do Fala Salvador, no número 156 e também através do aplicativo Sonora Salvador. O app é disponibilizado no sistema Android.

exclamção leia também