29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

A Justiça não é cega - 07/03/2024, 10:01 - Vinicius Viana

Dançarino é indiciado por estupro ao sarrar em adolescente na Bahia

Além do dançarino, outras duas pessoas estão respondendo pelo episódio

O caso aconteceu em uma casa de shows no sul da Bahia
O caso aconteceu em uma casa de shows no sul da Bahia |  Foto: Reprodução/Divulgação

Um dançarino foi por estupro de vulnerável de uma adolescente de 14 anos por praticar atos libidinoso. O caso ocorreu dentro de uma casa de shows no município de Itagimirim, no sul da Bahia, no ano passado.

Segundo a Polícia Civil, que revelou detalhes sobre o processo na quarta-feira (06), outro dançarino e o dono do estabelecimento também foram indiciados por fornecer bebida alcoólica à menor.

Entenda o caso

Uma banda se apresentava na casa de show. A adolescente subiu no palco e ficou sentada em uma cadeira enquanto um dançarino "sarrava" nela e a beijava. Em meio a situação, o segundo dançarino fornecia bebida alcoólica.

O vídeo do episódio finalizou nas redes sociais. Diante da repercussão, o Conselho Tutelar da cidade comunicou o fato à Polícia Civil, que iniciou uma investigação. Como os agentes identificaram que o local do evento não controlou a entrada de menores de idade no local, o proprietário também foi indiciado.

Com a conclusão do inquérito policial, o processo foi remetido à Justiça. O Ministério Público da Bahia (MP-BA) pode ainda instaurar procedimento administrativo contra o espaço de eventos.

exclamção leia também