31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Autor de crime que chocou o Brasil - 07/11/2022, 07:20 - Da Redação- Atualizado em 07/11/2022, 07:41

Assassino de Daniella Perez, Guilherme de Pádua morre aos 53 anos

Ele estava dentro de casa e supostamente teve infarto

Guilherme de Pádua assassinou em 1992 Daniella Perez
Guilherme de Pádua assassinou em 1992 Daniella Perez |  Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O ex-ator e pastor batista Guilherme de Pádua morreu na noite deste domingo (6), informou em um vídeo o pastor Márcio Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, em Minas Gerais. Guilherme, de 53 anos, assassinou a atriz Daniella Perez nos anos 90. Ele estava dentro de casa e supostamente teve infarto.

"Pouco antes das 22h, recebi o telefonema de uma irmã falando de um dos nossos pastores que acabou de falecer. Pra mim foi um impacto muito grande, porque hoje de manhã eu dirigi o culto, e ele estava com a esposa no primeiro banco. Ele praticou aquele crime tão terrível com a Daniella Perez, foi preso, cumpriu a pena e se converteu. Ele estava dentro de casa, caiu e morreu. Acabou de morrer", disse o pastor numa live.

O crime cometido por Guilherme de Pádua Brasil ocorreu na noite de 28 de dezembro de 1992 e ganhou repercussão nacional pela forma brutal que ocorreu. A atriz e bailarina foi morta pelo ex-ator e sua então esposa, Paula Thomaz.

Na época, Daniella e Guilherme contracenavam na novela “De corpo e alma”, da Rede Globo, escrita por Gloria Perez, mãe da atriz.

Daniella tinha deixado o estúdio no Rio, onde gravara cenas da produção, em seu carro, e foi seguida por Guilherme e Paula. Horas mais tarde, a filha de Gloria Perez foi encontrada morta num terreno baldio perto da Rua Cândido Portinari, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, com 16 perfurações no peito e no pescoço. Guilherme chegou a consolar Gloria Perez por telefone, mas o crime acabou descoberto.

Nas últimas semanas ele voltou a ganhar destaque por ser apoiador de Jair Bolsonaro (PL).

exclamção leia também