31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Cheiro de fight - 05/04/2023, 17:03 - Cássio Moreira- Atualizado em 05/04/2023, 17:36

Vixe! Deputados batem boca durante sessão na Alba; Assista a treta

Sessão vazia desta quarta-feira (5) tem discussão quente entre parlamentares

Deputados ficam pilhados e brigam durante sessão
Deputados ficam pilhados e brigam durante sessão |  Foto: Cássio Moreira/AG. A TARDE

O plenário vazio da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) presenciou, na tarde desta quarta-feira (5), uma discussão quente entre os deputados estaduais Diego Castro (PL), Olívia Santana (PCdoB) e Hilton Coelho (Psol). A confusão começou após a parlamentar culpar o bolsonarismo pelo ataques com golpes de machado em uma creche em Santa Catarina, que vitimou quatro crianças.

Ao discursar, Olívia atribuiu a alta dos ataques e massacres ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Diego, que é apoiador do militar, rebateu a fala da colega de Casa.

“É a mesma dinâmica de assassinatos. Pessoas perdendo a vida por nada. […] Chega na creche com o machadinho e tira a vida de quatro crianças. Não é possível. É coincidência? Não podemos achar que é normal. É preciso entender que não haverá democracia se estiver acontecendo isso, essa onda de violência”, disparou Olívia.

“São acusações levianas”, rebateu de imediato Diego, que continuou o bate-boca e citou o Psol do deputado Hilton Coelho.

Citado pelo parlamentar bolsonarista, Hilton reagiu e iniciou uma nova discussão. Após a sessão, o psolista lamentou o episódio e reforçou a ideia de que os fatos estão ligados a Bolsonaro.

"O espírito que se espalhou pelo país, é o espírito da barbárie. Ele (Diego Castro) fala do apoio do Psol ao governo Lula. De fato, o Psol hoje apoia o governo Lula, ajudou a eleger, mas a discussão era sobre governos anteriores. De maneira descontextualizada, ele passa de um governo para o outro. [...] É tentar se defender e defender sua referência (Jair Bolsonaro). Eles não querem análise, querem distorção", afirmou Hilton.

Assista

exclamção leia também