28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Aprovado! - 13/12/2023, 16:01 - Cássio Moreira

“Vamos discutir com a cidade”, diz Bruno sobre Conselho de Segurança

Prefeito comentou sobre aprovação do projeto logo após votação

Bruno Reis comemorou a aprovação do Conselho pela Câmara de Salvador
Bruno Reis comemorou a aprovação do Conselho pela Câmara de Salvador |  Foto: Cássio Moreira/Portal Massa!

O prefeito de Salvador, Bruno Kings (União Brasil), prometeu, nesta quarta-feira(13), que vai discutir com a cidade a elaboração de um plano para a área de segurança pública da capital. A afirmação ocorreu logo após a aprovação da criação do Conselho Municipal de Segurança Pública.

Na Câmara Municipal, pouco antes de receber a carta de Salvador, Bruno comemorou a aprovação do Projeto, que agora garante o acesso a recursos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

“Nós estamos contratando uma consultoria para a elaboração do plano. A questão do Conselho era uma das formalidades que nós precisávamos preencher para receber os recursos do Fundo Nacional de Segurança. Nós fizemos as inscrições dos projetos, dos programas de Salvador no tempo correto, apresentamos todas as documentações. Então, estamos habilitados do ponto de vista técnico para recebimento dos recursos”, iniciou o prefeito, que reforçou que a segurança pública é o maior B.O da sociedade atualmente.

“Faltava o quê? Faltava o fundo, que é agora o passo seguinte é criar um CNPJ, ter personalidade jurídica, e abrir uma conta para receber esses recursos. A gente vai elaborar, discutir com a cidade. […] Agora com o Conselho, com mais recursos, nós vamos poder ampliar mais ações, ampliar mais também dessa nossa área de atuação. O Governo do Estado sabe que a Prefeitura sempre esteve, estará à disposição para, dentro das suas capacidades e competências, poder atuar para resolver este, que infelizmente é o maior problema da sociedade hoje, que é a questão da segurança pública”, pontuou.

exclamção leia também