28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Destruição total - 09/01/2023, 12:17 - Everton Santos

Terroristas destroem relógio raro que ficava no Planalto

Peça foi dada de presente para família real portuguesa

Relógio foi fabricado pelo relojoeiro francês Balthazar Martinot
Relógio foi fabricado pelo relojoeiro francês Balthazar Martinot |  Foto: Foto/Reprodução

Um relógio do século XVIII que veio para o Brasil com a família real portuguesa foi destruído por terroristas que invadiram o Palácio do Planalto neste domingo. A peça estava no terceiro andar, onde fica o gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O relógio foi fabricado pelo relojoeiro francês Balthazar Martinot, com design de André-Charles Boulle. Ambos prestavam serviços a corte de Luís XIV, na França, apelidado de "o Grande" e "Rei Sol". A peça teria sido fabricada no fim do século XVIII e chegado ao Brasil com D. João VI, em 1808.

"Acabei de chegar no Palácio do Planalto para receber o presidente Lula, o cenário é de caos! Obras de arte históricas foram destruídas, entre elas uma pintura de Di Cavalcanti e um relógio do Século XIX que foi dado de presente para D. João VI", publicou o senador Randolfe Rodrigues, no Twitter.

A peça é considerada rara e ficou desfigurada depois da passagem de centenas de golpistas pelo Palácio do Planalto. Os ponteiros e números foram arrancados. E uma estátua de Netuno que ornamentava o topo da peça foi arrancada

exclamção leia também