25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

tintim por tintim - 11/05/2023, 11:58 - Vinicius Rebouças- Atualizado em 11/05/2023, 13:11

Simone chama orçamento de "cobertor curto" a ser definido pelo povo

Ministra adota tom didático para explicar função da plataforma 'Brasil Participativo'

Simone diz que orçamento brasileiro é "cobertor curto"
Simone diz que orçamento brasileiro é "cobertor curto" |  Foto: Reprodução/ TV Brasil

Lançada hoje (11) junto com o Plano Plurianual (PPA) Participativo, na Arena Fonte Nova em Salvador, a plataforma digital 'Brasil Participativo' permite ao cidadão opinar na definição de programas e propostas para o país. E durante o evento coube à ministra Simone Tebet, do Planejamento e Orçamento, trocar em miúdos a real função da ferramenta.

"Tudo aquilo que os senhores decidirem e escolherem irá a votação. Os senhores irão escolher as principais propostas, as principais ações, os principais programas em todas as áreas. Tudo Será incorporado no PPA que entregaremos ao Congresso Nacional em agosto", explicou a ministra em tom professoral.

A ministra deu previsão até 31 de dezembro para a peça ser votada na Câmara e no Senado. Segundo ela, a partir do próximo ano a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) será definida com base no PPA Participativo.

"O orçamento brasileiro, esse cobertor curto que não dá conta de atender todo mundo, irá cobrir as prioridades determinadas pelo povo. Isso sim é democracia: o governo do povo feito pelas mãos do Planejamento Participativo do povo brasileiro", pontuou.

exclamção leia também