25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Intolerância política - 12/11/2022, 12:45 - Everton Santos

Sem amor? Em vídeo, pastora nega orações para filhos de esquerdistas

Em suas redes sociais, a bolsonarista posta conteúdos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro

Pastora negou orações para crianças
Pastora negou orações para crianças |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma pastora de Sorocaba, cidade que fica no interior de São Paulo, mostrou todo seu 'amor ao próximo' ao publicar um vídeo nas redes sociais afirmando para "crentes esquerdistas" não a procurarem para pedirem orações a crianças que estão na UTI ou com alguma doença grave.

Michelly Bezerra é pastora da Assembleia de Deus, que fica no bairro Éden em Sorocaba e apagou o vídeo do TikTok e do Instagram e pediu desculpas por meio de uma mensagem no WhatsApp, após ser procurada pelo g1.

“Peço desculpas se alguém se ofendeu. Nunca foi a intenção”, disse.

Em suas redes sociais, a bolsonarista posta conteúdos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e contra o presidente eleito Luis Inácio Lula da Silva (PT). No vídeo apagado, ela fez o sguinte pedido.

"Por favor, não me procurem mais pra pedir orações por crianças que estão em UTIs, crianças de seus amigos, sobrinhos ou sobrinhas que estejam correndo risco de vida. Porque quem vota em quem é a favor de aborto, claramente diz que a vida de uma criança não é importante, nem necessária e nem vale nada", afirmou Michelly.

Apesar da fala da pastora apontar que o candidato em que os "crentes esquerdistas" teriam votado é a favor do aborto e que a informação foi divulgada por "reportagens", Lula já afirmou, em entrevista, que é contra a prática e que o assunto deveria se tornar questão de saúde pública.

exclamção leia também