29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Combate à violência - 19/12/2023, 14:46 - Cássio Moreira- Atualizado em 19/12/2023, 16:50

Receba, mãe! Salvador ganha Casa da Mulher Brasileira

Equipamento foi inaugurado nesta terça-feira (19)

Evento contou com a presença da ministra Cida Gonçalves
Evento contou com a presença da ministra Cida Gonçalves |  Foto: Denisse Salazar/AG. A TARDE

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, baixou em Salvador, na manhã desta terça-feira (19), para inaugurar a Casa da Mulher Brasileira. O local será ponto de acolhimento para vítimas da violência da doméstica, e funcionará em parceria entre a União, o governo do Estado e a Prefeitura de Salvador City.

Ao todo, foram usados R$ 15 milhões no equipamento construído na avenida Tancredo Neves, sendo R$ 10 milhões do governo federal e R$ 5 milhões da 'Prefs'. A ministra Cida Gonçalves relatou a importância do trabalho de formiguinha das três esferas de poder Executivo, já que a gestão estadual também atuará na Casa da Mulher Brasileira.

"Aqui nós temos as delegacias, que é responsabilidade do governo do Estado, o psicossocial, que é responsabilidade do município, o Tribunal de Justiça, Ministério Público [...] É importante dizer que é uma estrutura bonita, leve, uma arquitetura pensada para que as mulheres que sofrem violência se sintam acolhidas aqui dentro, se sintam bem vindas, se sintam prestigiadas", afirmou a ministra.

Em coletiva com a imprensa, depois do 'confere' geral pela casa, o prefeito Bruno Reis enalteceu o trabalho de construção em tempo recorde e os serviços ofertados pelo novo equipamento, que promete um equipamento humanizado às mulheres em condição de vulnerabilidade.

"São R$ 15 milhões, sendo R$ 10 milhões do governo federal e R$ 5 milhões do município. Realizamos essa grande obra em tempo recorde. Aqui funcionarão serviços unificados e humanizados", destacou Bruno Reis.

Ao Portal MASSA!, a secretária municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, Fernanda Lordelo, explicou o impacto que a Casa da Mulher Brasileira terá no combate à violência contra a mulher e no processo de atendimento. Além da assistência psicossocial, o espaço também contará com serviços especializados de proteção à mulher, com a atuação de órgãos como a Defensoria Pública e uma unidade da Polícia Civil.

"Com esse equipamento, nós fortalecemos os grandes centros de referência e atenção à mulher, aumentando a possibilidade de atendimento às mulheres vítimas de violência, mas com um grande diferencial. A nossa mulher já é acolhida no psicossocial e em toda rede de enfrentamento em um espaço só. Então, ela não precisa ficar se deslocando, tem todo um tratamento humanizado e acolhedor, com isso ela ganha tempo, segurança e evita revitimização", pontuou Lordelo.

Imagem ilustrativa da imagem Receba, mãe! Salvador ganha Casa da Mulher Brasileira
Foto: Denisse Salazar/AG. A TARDE

Também presente no evento, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) celebrou a parceria e reverenciou os vereadores e deputados presentes no evento de inauguração.

"Praticamente a Câmara de Vereadores toda aqui [...] Muito feliz em estar aqui com a presidente da Comissão de Mulheres da Assembleia Legislativa, das deputadas que fazem parte dessa luta [...] Nesses temas a Alba sempre acompanhou as nossas orientações, com iniciativas e qualificando os projetos que a gente manda", largou Jerônimo.

Em entrevista ao Portal MASSA!, a secretária estadual de Assistência e Desenvolvimento Social, Fabya Reis, classificou a instalação da Casa da Mulher Brasileira como uma "conquista histórica" para todas as mulheres da Bahia.

"Uma conquista histórica do movimento de mulheres da Bahia, dos governos democráticos [...] Hoje, as mulheres da Bahia celebram essa entrega de um espaço em que nós teremos vários serviços agregados. Seguimos nesse pacto republicano, que envolve serviços vinculados à Prefeitura", afirmou.

exclamção leia também