30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Marcas do ataque - 25/10/2022, 11:17 - Cássio Moreira

Policiais atingidos por Roberto Jefferson têm estilhaços no corpo

Ex-deputado efetuou disparos de fuzil contra agentes da Polícia Federal no último domingo (23)

Agentes federais já receberam alta do hospital
Agentes federais já receberam alta do hospital |  Foto: Reprodução TV

A agente da Polícia Federal, Karina Oliveira, e o delegado do órgão, Marcelo Villela, alvos de disparos de fuzil efetuados pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), no último domingo (23), durante cumprimento de mandado de prisão, ainda possuem estilhaços em partes do corpo.

O laudo aponta que Karina teve ferimentos no rosto e na coxa, além dos estilhaços no quadril. A policial ficará afastada das atividades por cinco dias. No seu depoimento, a PF afirmou que chegou a perder os sentidos e foi socorrida pelos colegas. No momento em que tentava proteger a agente, o delegado foi ferido na cabeça. No raio-X, dois fragmentos, possíveis estilhaços, foram detectados no crânio de Marcelo.

No seu depoimento, Roberto Jefferson disse não ter atirado com intenção de matar os policiais. "Se quisesse, matava os policiais, pois estava em posição superior e com fuzil de mira", disse o ex-parlamentar, que foi levado, após oito horas de negociações. Na segunda (24), Roberto Jefferson foi encaminhado para o presídio de Bangu 8, no Rio de Janeiro.

exclamção leia também