25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Foi de base - 10/08/2023, 08:44 - Da Redação

Polícia do Equador cancela suspeito de matar candidato a presidência

Outras nove pessoas ficaram feridas em atentado contra Fernando Villavicencio

Fernando Villavicencio era considerado 'incansável' no combate ao crime organizado
Fernando Villavicencio era considerado 'incansável' no combate ao crime organizado |  Foto: Rodrigo Buendia / AFP

Morreu em confronto com a polícia um dos suspeitos do atentado que ceifou a vida do candidato à presidência do Equador, Fernando Villavicencio, na quarta-feira (9). Seis pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento no caso. As informações são das autoridades equatorianas.

O Ministério público do país vizinho disse que um suspeito, ferido durante o tiroteio com os seguranças, foi detido e transferido, gravemente ferido. Os socorristas da ambulância do Corpo de Bombeiros confirmaram a morte.

Villavicencio foi atingido com três tiros na cabeça. Ele estava saindo de comício em Quito, quando foi baleado. Outras nove pessoas ficaram feridas. Os tiros, segundo a imprensa local, foram disparados por três homens com metralhadoras.

O atual presidente do Equador, Guillermo Lasso, afirmou em uma rede social que o gabinete de segurança vai se reunir para dar uma resposta ao crime. “O crime organizado chegou muito longe, mas o peso da lei vai cair neles.”

exclamção leia também