27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Pega na mentira - 10/01/2023, 11:44 - Everton Santos - Atualizado em 10/01/2023, 11:58

PF desmente notícia que idosa morreu em ginásio com golpistas

Informação da suposta morte se espalhou, porém a foto usada está disponível em um banco de imagens gratuito

Foto usada está em banco de imagem gratuito
Foto usada está em banco de imagem gratuito |  Foto: Twitter/Reprodução e Edu Carvalho/Pexels

A Polícia Federal (PF) negou que uma notícia que se espalha em redes bolsonaristas, de que uma idosa tenha morrido após ter sido detida no acampamento que ficava no Quartel-General do Exército, em Brasília.

Na manhã de segunda-feira (9), cerca de 1,2 mil pessoas foram retiradas dos acampamentos bolsonaristas e foram levadas ao ginásio da Academia Nacional da Polícia Federal, depois dos ataques terroristas cometidos nas sedes dos três poderes, no domingo (8).

A informação da suposta morte se espalhou, porém a foto usada está disponível em um banco de imagens gratuito. Ao jornal "O Globo", o fotógrafo responsável pela foto, Edu Carvalho, afirmou que ela está sendo usada de forma indevida. De acordo com o profissional, a imagem retrata a sogra dele, Deolinda Tempesta Ferracini, que morreu em novembro de 2022, devido a um acidente vascular cerebral (AVC).

A deputada federal Bia Kicis (PL-DF) repercutiu a fake news em discurso no plenário da Câmara dos Deputados, na noite de segunda. A parlamentar chegou a dizer que o caso tinha sido confirmado pela Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB-DF), mas depois disse que cometeu um "equívoco".

"A Polícia Federal informa que é falsa a informação de que uma mulher idosa teria morrido na data de hoje (9/1) nas dependências da Academia Nacional de Polícia", diz a nota da corporação.

exclamção leia também