28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

O drama de Mendonça - 24/04/2023, 19:43 - Da Redação

'Parça' de Bolsonaro no STF admite dilema ao julgar golpistas

André Mendonça fala sobre 'drama' em voto de julgamento dos presos por participação no 8 de janeiro

André Mendonça ainda não votou em ação sobre golpistas
André Mendonça ainda não votou em ação sobre golpistas |  Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para o Supremo Tribunal Federal (STF), ministro ‘terrivelmente evangélico’ André Mendonça admitiu em uma palestra, nesta segunda-feira (24), que vive um grande dilema com relação ao seu voto no julgamento dos golpistas presos por participação nos atos golpistas do dia 8 de janeiro. A maioria dos participantes apoiava Bolsonaro.

André e Kassio Nunes, também ‘cria’ de Bolsonaro no Supremo, são os únicos que ainda não registraram os votos; os oito demais votaram para que os 100 denunciados se tornem réus.

"Temos aí dois grupos. A imprensa disse que a ação está juntando os casos mais graves, mas não é verdade. Cinquenta dos denunciados foram presos em flagrante invadindo os três prédios [Palácio do Planalto, Congresso e STF]. No outro grupo, 50 pessoas foram presas no dia seguinte no acampamento na área do Exército", explicou Mendonça, que completou.

Leia mais

Ex-presida Fernando Collor divide IPVA em 60 parcelas; veja os valores

"Um grupo agiu com violência, outro estava se manifestando acampado na área militar. São denúncias distintas e situações fáticas distintas. A situação mais simples é dos primeiros 50. Dos outros 50, não necessariamente [...] O STF tem um histórico na defesa das garantias. É um dilema. Se abro exceção hoje, como faço no futuro, em outro contexto, outros personagens, outros casos? Pode-se votar no sentimento do momento", finalizou.

exclamção leia também