29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Eleições 2024 - 08/12/2023, 07:30 - Cássio Moreira

Oposição em Bastião do Passé deve montar Megazord para encarar Nilza

Nomes podem se juntar para a disputa pela prefeitura no próximo ano

Políticos apontam possibilidade de aliança entre Rivelino e Ângelo contra Nilza
Políticos apontam possibilidade de aliança entre Rivelino e Ângelo contra Nilza |  Foto: Divulgação/Ascom/Montagem/Portal MASSA!

A cena política de São Sebastião do Passé, município localizado na Região Metropolitana de Salvador, tem andado movimentada faltando menos de um ano para a eleição municipal. Isso porque a prefeita Nilza da Mata (PSD), que deve tentar a reeleição, pode pegar um 'Megazord' pela frente, de acordo com informações obtidas pelo Portal MASSA!.

A ideia defendida por alguns nomes é que os políticos de oposição se unam em torno de uma única candidatura para encarar a atual prefeita, chamada popularmente de 'Mãe'. Em contato com o Portal MASSA!, um dos políticos do bonde, em condição de anonimato, disse acreditar na real possibilidade de um representante sair carregando o bloco para fazer o Ba x Vi contra Nilza.

O B.O para a junção da turma, entretanto, precisará passar por cima do 'ego' do principais atores políticos.

Frente ampla

Atualmente, Ângelo Santana (União Brasil) e Rivelino da Facilites pintam como favoritos para a disputa contra Nilza. A ex-prefeita de 'Bastião', Tânia Portugal, hoje filiada ao PT, também surge como opção. Uma aliança entre os três para a formação de uma chapa não está descartada e é defendida nos bastidores.

Em 2020, quando foi candidato a prefeito, Ângelo já contou com o apoio de Tânia, que retirou a pré-candidatura.

No último mês, em contato com o Portal MASSA!, Rivelino, que foi candidato federal em 2022, confirmou a possibilidade de uma aliança. "A gente está tentando superar as diferenças para que aconteça e a gente consiga. A gente tem uma boa relação com a prefeita Tânia, que está no PT hoje, a gente já vem com essa conversa. E o próprio governo vem com esse esforço de montar uma unidade", disse na época.

Aspas

A gente está tentando superar as diferenças para que aconteça

Outro nome cotado para o jogo eleitoral é o do ex-prefeito Breno Conrad, que comandou a cidade entre 2017 e 2020, e não tentou a reeleição na ocasião. Atualmente, o médico tem sido ligado ao Partido Verde, que forma uma federação com PT e PCdoB.

Mudança de rota

Após romper com o governo estadual em 2022 e apoiar a candidatura de ACM Neto (União Brasil) à sucessão, Nilza tem tentado se reaproximar do grupo hoje liderado pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT).

No pleito do ano passado, mesmo sem o apoio de Nilza, Jero meteu 61,66% na cidade no segundo turno, contra 38,34% de Netinho.

Para recalcular a rota e se reaproximar do bloco, Nilza deixou o dividido PP para se filiar ao PSD recentemente, em ato que contou com a presença do senador Otto Alencar (PSD). A estratégia também é vista por alguns nomes próximos à prefeita como uma tentativa de se blindar das atuais críticas de adversário, incluindo vereadores, ao seu mandato.

O Portal MASSA! tentou contato por meio da assessoria da prefeita nas últimas semanas, mas não teve retorno.

exclamção leia também