29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Sobrecarga? - 28/03/2024, 13:33 - Da Redação

Micareta: CES cobra Prefeitura de Feira de Santana melhora na saúde

Solicitação foi feita com base no alto índice de casos prováveis da dengue no município, que já chega a 2.888 casos

A aglomeração de pessoas não é um fator de risco para a disseminação da dengue
A aglomeração de pessoas não é um fator de risco para a disseminação da dengue |  Foto: Reprodução / ASCOM CES

O Conselho Estadual de Saúde da Bahia (CES) solicitou na última segunda-feira (25), para a prefeitura de Feira de Santana, que apresente o Plano de Ampliação a Rede de Saúde com intuito de garantir efetivamente a assistência à saúde da população quanto a realização da Micareta, uma vez que a rede estadual e municipal se encontra sobrecarregada.

A solicitação foi feita com base no alto índice de casos prováveis da dengue no município, que já chega a 2.888, onde o sistema de saúde local vem enfrentando uma sobrecarga significativa, exigindo medidas urgentes para conter o avanço da doença e proteger a população.

A aglomeração de pessoas não é um fator de risco para a disseminação da dengue. O problema, é que nesse período há um alto número de pessoas se deslocam para o município, o que gera um aumento nas admissões hospitalares. As principais razões para esse crescimento incluem intoxicações alimentares e alcoólicas.

De acordo com o presidente do CES-BA, Marcos Gêmeos, o conselho não é contra a realização de festas, mas é extremamente preocupante que gestores ainda pensem em priorizar o gasto do dinheiro público com as comemorações ao invés de prestar a assistência à população.

Veja também:

Após polêmica na Câmara de Feira de Santana, vereador se retrata

Marcos ainda afirma que fará a mesma solicitação aos municípios de Vitória, Conquista e Salvador, que registram respectivamente 11.627 casos e 4.962 casos prováveis.

O conselho sugere que caso não haja um plano de ampliação, que a prefeitura faça uma avaliação criteriosa e qualificada para realização de um evento com um quantitativo de público esperado significativo.

Ao todo, na Bahia, foram notificados 81.428 casos prováveis da doença até o dia 23 de março de 2024, registrando um Coeficiente de Incidência (CI) de 575,8 de casos/100.000 habitantes. No mesmo período de 2023, foram notificados 13.854 casos prováveis, o que representa um aumento de 487,8%. No total, 285 municípios da Bahia estão em estado de epidemia de Dengue, entre eles os três citados. Outros 45 estão em risco e 12 em alerta.

exclamção leia também