29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Vão pagar! - 11/01/2023, 21:02 - Da Redação

Mais de mil pessoas foram levadas para cadeia pelos atos terroristas

Ao todo foram ouvidos 1.843 suspeitos envolvidos na destruição das sedes do governo, parlamento e judiciário

A Polícia Federal (PF), concluiu, nesta quarta-feira, 11, a oitiva dos depoimentos de 1.843 bolsonaristas que foram presos por envolvimento nos atos terroristas nas sedes dos poderes da República neste domingo, 8. Ao todo, 1.159 pessoas foram conduzidas ao Complexo Penitenciário da Papuda, enquanto 684 foram liberadas.

Os suspeitos estavam no ginásio da Academia Nacional da Polícia Federal, onde agentes da PF fizeram uma triagem. Idosos, pessoas com problema de saúde e mães acompanhadas de crianças foram liberadas. Quem foi encaminhado ao sistema prisional acabou conduzido pela Polícia Civil ao IML.

A Defensoria Pública da União (DPU) pediu, nesta quarta-feira,11, ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, a libertação de pessoas hipervulneráveis presas durante os atos antidemocráticos em Brasília.

Em conjunto com a Defensoria Pública do Distrito Federal, o órgão argumentou que idosos, mulheres gestantes, puérperas, mães de crianças menores de 12 anos de idade e responsáveis por crianças com deficiência podem ter a prisão substituída por medidas cautelares.

A PF deve desmontar ainda nesta quarta-feira, a estrutura montada na Academia da instituição para alojar os detidos.

exclamção leia também