22º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

O encontro veio - 14/04/2023, 07:49 - Anderson Orrico- Atualizado em 14/04/2023, 09:30

Lula e Xi Jinping batem aquele papo na China

Cerimônia contou com mais de 400 militares e música brasileira

Lula e Xi Jinping em recepção na China
Lula e Xi Jinping em recepção na China |  Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert PR

Nesta sexta-feira (14), o presidente Lula (PT) teve o tão esperado encontro com o presidente chinês Xi Jinping, em Pequim. A cerimônia contou com mais de 400 militares em marcha e crianças chacoalhando bandeiras do Brasil e da China.

Lula disse, na abertura da reunião entre os dois, que “ninguém vai proibir que o Brasil aprimore sua relação com a China”, mandando um recado aos Estados Unidos.

A recepção a Lula, em frente ao Grande Salão do Povo, epicentro do poder chinês, teve também disparos de tiros de canhão e bandas de música. Elas tocavam o hino do Brasil e, quando os dois presidentes passaram pelas tropas em revista, tocaram a canção “Um novo tempo”, de Ivan Lins”.

A cerimônia durou 15 minutos e se deu diante da fachada do Grande Salão do Povo, o epicentro do poder chinês.

Junto com as primeiras-damas, Xi Jinping e Lula falaram com ministros dos dois países e depois foram para a reunião reservada.

“Ontem, fizemos visita a Huawei numa demonstração de que queremos dizer ao mundo que não temos preconceito com o povo chinês. E que ninguém vai proibir que o Brasil aprimore sua relação com a China”, pontuou Lula, reafirmando o discurso que fizera pouco antes na Assembleia Popular Nacional, o congresso chinês.

exclamção leia também